Cotidiano Compartilhar
Justiça

TJ condena João de Deus a mais 4 anos de prisão por crime sexual

Ele também foi condenado a pagar indenização de R$ 20 mil à vítima por danos morais.

• Atualizado

SBT News

Por SBT News

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Tribunal de Justiça de Goiás condenou João Teixeira de Faria, o João de Deus, nesta 2ªfeira (31.jan) a mais quatro anos de reclusão por crime de violação sexual mediante fraude por violentar uma mulher em agosto de 2018. 

Ele também foi condenado a pagar indenização de R$ 20 mil à vítima por danos morais. O tribunal determinou que João de Deus poderá recorrer à decisão em prisão domiciliar “em razão de outro processo, por determinação do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO)”.

Esta foi a quinta condenação do suposto médium por crimes sexuais. Ele já foi considerado culpado em processo envolvendo quatro vítimas com reclusão de 19 anos e 4 meses; 40 anos de reclusão em processo movido por cinco vítimas; 44 anos e seis meses por mais cinco pessoas; e 2 anos e seis meses de prisão por mais uma vítima. Ele também foi condenado por posse irregular de arma de fogo.

>> Siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×