Cotidiano Compartilhar
Boas práticas em SC

Programa de Voluntários da Defesa Civil de Gaspar recebe reconhecimento estadual

A iniciativa foi implantada em 2018, e mais de 300 voluntários já passaram pelo projeto. Cerca de 70 pessoas participam atualmente

• Atualizado

Olga Helena de Paula

Por Olga Helena de Paula

Foto: Defesa Civil de Gaspar/Divulgação
Foto: Defesa Civil de Gaspar/Divulgação

O Programa de Voluntários da Defesa Civil de Gaspar foi selecionado para ser apresentado no Congresso das Associações, Municípios e Consórcios (Comac-SC), marcado para acontecer de 27 a 29 de setembro. A apresentação de Gaspar será na quinta-feira (28).

A iniciativa foi implantada em 2018, e mais de 300 voluntários já passaram pelo projeto. Atualmente, cerca de 70 pessoas participam do programa em andamento. Os voluntários recebem noções sobre Defesa Civil, percepção de riscos, primeiros socorros, combate a incêndios e também auxiliam o município em caso de eventos adversos.

O Grupo de Agentes Voluntários foi escolhido pela Comac e estará homologado a um dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e à Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). A formação dos agentes tem entre seus princípios conscientizar e instigar a resiliência, a sustentabilidade, e a percepção de risco. Além disso, tem a finalidade de estabelecer uma abordagem eficaz com a comunidade.

O projeto será apresentado pela superintendente da Defesa Civil de Gaspar, Ana Janaína de Medeiros, ela destaca a importância do projeto para a comunidade. “Ser classificado para apresentar nosso projeto para todos os municípios do estado é uma grande conquista para nossa Defesa Civil. Isso apenas demonstra a dedicação incansável de nossa equipe em promover a segurança e o bem-estar da comunidade. Os nossos agentes são a prova viva de que a força de uma cidade reside na capacidade de unir e proteger em tempos de adversidade”, salienta o superintendente.

Além de Gaspar, foram selecionadas 50 iniciativas que melhor refletiram a busca constante por melhorias e a vontade de transformar cidades em espaços mais inteligentes e adaptáveis. Cada iniciativa escolhida apresenta uma abordagem única para os desafios contemporâneos, contribuindo para o progresso das comunidades locais.

Para participação no evento, foram consideradas somente boas práticas realizadas nas cidades catarinenses. Os avaliados levaram em conta sete critérios de seleção, que passam pela criatividade, replicabilidade e impacto social da medida, além do caráter inovador, envolvimento da população, economia e otimização de recursos financeiros e obtenção dos resultados almejados.

O Banco de Boas Práticas é uma iniciativa da Federação de Consórcios, Associações de Municípios e Municípios de Santa Catarina (FECAM), em parceria com o Consórcio de Inovação na Gestão Pública (CIGA), CINCATARINA, ARIS e a Escola de Gestão Pública Municipal (EGEM) e tem o objetivo de mapear as boas ações desenvolvidas nos municípios brasileiros, em diferentes áreas.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×