Roberto Azevedo

O jornalista Roberto Azevedo tem 39 anos de profissão, 17 deles dedicados ao colunismo político. Na carreira, dirigiu equipes em redações de jornal, TV, rádio e internet nos principais veículos de Santa Catarina.


Política Compartilhar
Eleições 2024

Assembleia deve ter sete deputados candidatos a prefeito; saiba quem são

Cinco parlamentares estão no primeiro mandato e apenas um já concorreu

• Atualizado

Por

Rodolfo Espínola/Agência AL
Rodolfo Espínola/Agência AL

As estimativas preliminares dentro da Assembleia são as de que pelo menos sete parlamentares devam concorrer a prefeito este ano. Um confronto estaria se consolidando: Fernando Krelling (MDB) e Sargento Lima (PL), em Joinville. Krelling já concorreu em 2020, quando ficou em terceiro lugar (48.886 votos – 18,5% dos válidos).

A dúvida é se o deputado estreante Lucas Neves (Podemos) irá disputar em Lages, o que depende das conversas com o vereador Jair Jr, também pré-candidato. Outros, em primeiro mandato, como Marcos José Abreu, o Marquito (PSOL); Edilson Massoco (PL), Delegado Egídio Ferrari (PTB), Carlos Humberto (PL) e Estêner Soratto Júnior (PL) já estão com os projetos mais adiantados. Com o retorno dos trabalhos no Legislativo, dia 1º de fevereiro, próxima quinta-feira, as articulações de alianças devem avançar ou até mesmo fulminar candidaturas.

O presidente Mauro De Nadal (MDB) sugeriu que os parlamentares-candidatos deveriam se licenciar dos cargos e abrir a possibilidade dos suplentes assumirem durante a campanha. A mesa diretora do Legislativo deve manter a tradição, inaugurada em eleições anteriores pelo então presidente Julio Garcia (PSD), que cria um calendário especial para que sessões sejam concentradas para não haver diminuição de encontros e prejuízo à tramitação de projetos.

Veja a lista dos prováveis candidatos:

Marquito (PSOL), em Florianópolis

Edilson Massoco (PL), em Concórdia

Delegado Egídio (PTB), em Blumenau*

Carlos Humberto (PL), em Balneário Camboriú

Estêner Soratto Júnior (PL), em Tubarão

Fernando Krelling (MDB), em Joinville

Sargento Lima (PL), em Joinville

(*) Entre os prováveis candidatos, haverá uma troca certa de partido por um dos postulantes: o delegado Egídio Ferrari deverá deixar o PTB e ir para o MDB, tão logo seja aberta a janela eleitoral, entre 7 de março e 5 de abril. O prazo é exigido por lei para quem pretende concorrer em 2024. A janela partidária é aberta seis meses antes da votação em qualquer ano eleitoral.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×