Segurança Compartilhar
Investigação

Homem que confessou matar mãe e filho degolados em Blumenau é investigado por outra morte

Kelber confessou ter matado Jéssica e o filho Théo, de três meses

Por

• Atualizado

Kelber é suspeito de participar da morte de Carine Silva da Rosa, no dia 23 de abril, em Gaspar | Foto: Polícia Civil/Divulgação
Kelber é suspeito de participar da morte de Carine Silva da Rosa, no dia 23 de abril, em Gaspar | Foto: Polícia Civil/Divulgação

O suspeito de matar mãe e filho degolados em Blumenau, no Vale do Itajaí, é investigado por ter participação em outro crime, segundo a Polícia Civil. Kelber Henrique Pereira foi identificado como tendo possível envolvimento na morte de Carine Silva da Rosa, no dia 23 de abril, em Gaspar.

Imagens de segurança mostram Kelber saindo de um motel localizado na cidade de Gaspar com a mulher morta sentada no banco da frente do veículo. O corpo de Carine foi encontrado no dia 23 de abril. Testemunhas e amigos confirmaram que a vítima era garota de programa para auxiliar no custeio das despesas dos seus quatro filhos.

Na época, a Polícia pediu a prisão temporária de Kelber. A Justiça não acatou o pedido e autorizou apenas buscas e apreensões domiciliares nos supostos endereços do suspeito na cidade de Blumenau, porém ele não foi localizado.

Ainda na época, Kelber foi encontrado no mesmo endereço onde Jessica Mayara Ballock, de 23 anos, e o seu bebê Théo Pereira, de três meses, foram encontrados mortos na segunda-feira (23). Em seu interrogatório, inicialmente negou ter envolvimento com Carine, porém diante das provas já colhidas que o colocava na cena do crime acabou admitindo ter mantido relação sexual com Carine, mas negou tê-la matado.

Em depoimento, o suspeito afirmou que ela passou mal e faleceu ainda no interior do motel, e que “em desespero com a situação”, já que sua esposa tinha acabado de dar à luz o segundo filho, ele decidiu se desfazer do corpo. A Polícia Civil ainda investiga o crime e aguarda a conclusão do laudo toxicológico.

Suspeito confessou morte de mulher e filho

Kelber gravou um vídeo confessando ter matado mãe e filho. Nas imagens, ele conta que no sábado (23) foi à casa do sogro, pai de Jéssica, para um churrasco e lá consumiu bebida alcoólica, o que não fazia há meses. E que diante disso, sentiu vontade de usar droga.

Além disso, o homem diz que não se lembra do que aconteceu, mas afirmou que assassinou a mulher e o filho. E que após o crime, pensou em levar o outro filho do casal, um menino de um ano e nove meses, para a casa da avó, em Minas Gerais.

Suspeito foi preso em São Paulo

Na noite de terça-feira (26), o homem foi preso em Paulínia, no estado de São Paulo. A informação foi confirmada pela Polícia Militar e Polícia Civil para a equipe do SCC SBT. O homem era companheiro da vítima e pai do bebê assassinado.

Entenda o crime

Jessica Mayara Ballock e o seu filho de três meses foram encontrados mortos dentro de um apartamento no bairro Velha, em Blumenau, na segunda-feira (25). O atual companheiro da vítima foi identificado como o principal suspeito.

A Polícia Militar foi acionada e localizou os corpos no final da manhã. O corpo da mulher estava no chão do apartamento e o do bebê de três meses na cama. Segundo a PM, as vítimas teriam sido degoladas entre a noite de sábado (23) e a manhã de domingo (24).

>>> PARA MAIS NOTÍCIAS, SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK

publicidade
publicidade

Veja mais