Segurança Compartilhar
Plano cruel

Homem mata a ex estrangulada e forja acidente de trânsito para despistar a polícia

Suspeito teria esperado a vítima escondido no banco de trás do carro

• Atualizado

Olga Helena de Paula

Por Olga Helena de Paula

Foto: Guarda Municipal/Divulgação.
Foto: Guarda Municipal/Divulgação.

Na manhã desta quinta-feira (22), por volta das 8h, a Guarda Municipal foi acionada para atender um acidente de trânsito com uma possível vítima fatal. Chegando ao local, na Av. Ernesto José de Marco, em Chapecó, os agentes constataram que a colisão envolveu dois carros e uma moto.

No interior do Ford/Fiesta, eles encontraram uma mulher já sem sinais vitais. A princípio, o motivo seria mal súbito, no entanto foram encontradas marcas de violência no pescoço e corpo da vítima. Por isso, a Polícia Cientifica e Polícia Civil foram acionadas para iniciar uma investigação.

Após apenas 4 horas de apuração, os agentes descobriram que o ex-marido da vítima, um homem 51, havia matado a vítima e simulado um acidente de trânsito para esconder o crime.

Investigação e depoimento

Ao analisar a cena do crime, policiais civis encontraram sinais de morte por asfixia (estrangulamento), já que a vítima apresentava marcas no pescoço. Com essas informações, eles iniciaram as buscas e entrevistas para esclarecer os fatos.

Em depoimento, o ex-marido da vítima apresentou várias contradições e quando confrontado com as provas apuradas, confessou o crime.

Ele declarou que os dois tinham uma relação de 30 anos e que há dois meses estavam separados. Ainda disse que tentava reatar a relação com a vítima, mas que nesta quarta-feira (21) haviam se reunido para fazer a divisão dos bens. Nesta ocasião, a mulher teria assumido ter um relacionamento com outro homem.

O suspeito relatou que ficou descontrolado e não teria dormido durante a noite. Ao amanhecer, ele resolveu matar a ex-esposa.

Foto: Guarda Municipal/Divulgação.

Planejamento do crime

Ele foi até o prédio da vítima e como possuía uma cópia da chave do carro, entrou no automóvel e ficou aguardando a mulher escondido no banco traseiro. Quando ela entrou no carro para ir trabalhar, às 7h aproximadamente, ele a teria matado estrangulada com um pedaço de fio de luz.

Após isso, ele levou o carro com o corpo da vítima até uma rua com declive, onde colocou o carro em ponto morto e largou o automóvel com o intuito de provocar um acidente.

Ele foi preso em flagrante pelo crime de feminicídio. Após os trâmites legais na Delegacia de Polícia, o homem foi encaminhado ao presídio de Chapecó, onde aguardará a disposição da Justiça.

Assista ao vídeo da Polícia Civil sobre o caso:

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×

    Este site é protegido por reCAPTCHA e Google
    Política de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam.