Segurança Compartilhar
O Usurpador

Homem é preso por viver durante 15 anos com documentos falsos no Vale do Itajaí

Suspeito chegou até a registrar os próprios filhos com seu nome falso

• Atualizado

Olga Helena de Paula

Por Olga Helena de Paula

Foto: Polícia Civil/Divulgação.
Foto: Polícia Civil/Divulgação.

A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (19), um homem que morava no bairro Santa Terezinha, em Brusque, por uso de documento falso, falsificação de documento e falsidade ideológica.

De acordo com informações, as investigações iniciaram após a Polícia Científica acionar a Civil sobre um possível uso de documento falso pelo suspeito. Foi instaurado um inquérito policial para apurar os fatos e a prisão preventiva do investigado e um mandado de busca e apreensão na sua residência foram emitidos.

Durante as buscas, os policiais encontraram uma pequena quantidade de maconha, vários cartões bancários, cheques, documentos de uma empresa da cidade e uma carteira de motorista, tudo com nome falso.

As investigações apontam que o homem usou documentos falsos em várias oportunidades e diante de vários órgãos públicos, inclusive para abrir empresas, contas bancárias, conseguir alvarás e chegou até a registrar os próprios filhos com nome falso, além de ser preso por pensão alimentícia, se passando por outra pessoa.

Após a prisão, o investigado foi interrogado na Delegacia de Polícia, na presença do seu advogado e em seguida encaminhado para o sistema prisional, onde aguardará a conclusão das investigações e decisão judicial.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×