Cotidiano Compartilhar
Polêmica

ENQUETE: você concorda com a mudança do hino de Santa Catarina?

O deputado defende que o atual hino foi escrito em outro momento histórico

• Atualizado

Redação

Por Redação

O deputado estadual Ivan Naatz (PL) apresentou um projeto de Lei na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc) para a escolha de um novo hino catarinense. A proposta gerou polêmica nas redes sociais, dividindo a opinião de muitos comentários.

A letra do hino que conhecemos foi escrita por Horácio Nunes, com música de José Brazílício de Souza, mas, na verdade, ela foi criada, originalmente, para ser o hino nacional. 

Antes de ser votada pelos deputados, a proposta passará por audiência pública e pelas comissões temáticas.

E você, concorda com a proposta do deputado?

Você concorda que precisa mudar o hino de Santa Catarina?

Entenda o projeto

O deputado defende que a mudança é necessária porque os catarinenses não se identificam o atual hino do Estado.

“Pesquisas recentes têm apontado que a grande maioria dos catarinenses não se sentem representados pelo hino e consequentemente não tem a letra na memória, o que pode ser verificado em diversos eventos públicos em que é obrigatória a sua execução”, afirma o deputado em suas redes sociais.

A proposta do novo hino será discutida em uma audiência pública e a nova letra seria escolhida por meio de um concurso.

“Apesar de ser considerado um símbolo do Estado, o atual hino foi escrito num determinado momento histórico e político do país, no século 19, e que em nada retrata os valores e potencial catarinense, além de nunca ter caído no gosto e na memória popular”, defende Naatz.

Se o projeto andar na Alesc, a letra do novo hino terá que abordar, obrigatoriamente, o potencial turístico, econômico e cultural, a geografia e as belezas naturais do Estado.

Ouça o hino de Santa Catarina

Vídeo: Internet / Reprodução

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×

    Este site é protegido por reCAPTCHA e Google
    Política de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam.