Cotidiano Compartilhar
Empreendimento

Porto Belo é a nova rota para empreendimentos de alto padrão na Costa Esmeralda

Em termos relativos, o município aumentou nos últimos quatro anos

• Atualizado

Redação

Por Redação

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A construção civil representa um dos setores mais importantes para o estado de Santa Catarina, sendo responsável por 4,5% do PIB, medido em termos de Valor Adicionado Bruto – VAB. Já o Valor Bruto de Produção (VBP) para a construção foi de R$ 13,6 bilhões, o que representa 5% do total de produção em nível nacional. O setor da construção tem 17,2 mil estabelecimentos, ou seja, 33% da indústria, sendo o maior número de empresas na indústria catarinense. Comparado com as demais unidades federativas, o Estado representa o quinto maior número de empresas da construção no Brasil.

Entre as regiões que mais se destacam atualmente, a Costa Esmeralda, no litoral norte, que compreende os municípios de Bombinhas, Itapema e Porto Belo, possuem juntos 904 estabelecimentos do setor da construção, sendo 5,3% do total no Estado, segundo dados do MTP e Observatório da Federação das Indústrias de Santa Catarina – FIESC.

De janeiro a julho deste ano, a região gerou mais de 1,6 mil novas vagas formais de trabalho no setor da construção, com destaque para o município de Itapema. Em termos relativos, o estoque de empregos formais na construção teve alta de 20,2% em Itapema; 25,1% em Bombinhas e 23,4% em Porto Belo, em relação ao final de 2021.

“Com a expansão imobiliária em cidades como Itapema, e também em Balneário Camboriú, que está muito próxima, Porto Belo acompanhou esse crescimento. O impulsionamento do setor no município, veio após a mudança do Plano Diretor, que trouxe mais incentivo, com construtoras vindo de outras regiões, projetos inovadores e novos empreendimentos que tem destacado a cidade na região”, frisou o presidente do Sinduscon Costa Esmeralda, Rodrigo Passos Silva.

Porto Belo cresceu em área construída

A Costa Esmeralda tem mais de 3,0 milhões m² de área construída, sendo o dobro do valor registrado em 2018, conforme também apontou o estudo do Observatório da FIESC e CREA-SC. O município de Itapema representa 71% do total construído na região. Já em termos relativos, o município de Porto Belo aumentou nos últimos quatro anos, 4,5 vezes a sua área construída.

Além disso, até o início de setembro, já foram registradas na região 545 ART’s (Anotação de Responsabilidade Técnica), documento que indica a quantidade de obras licenciadas por localidade. O valor é maior do que o registrado no ano de 2019. Em Porto Belo, desde o início do ano são 120 ART’s.

O prefeito de Porto Belo Joel Lucinda, destaca que o desenvolvimento da cidade, é resultado de muito diálogo entre o poder público e a iniciativa privada.

“A chegada dos novos empreendimentos é um troféu para essa cidade que, por décadas, foi considerada apenas uma passagem. Hoje, Porto Belo está no mapa e é procurada por quem quer morar e quem quer investir. Acompanho todas estas mudanças e trabalho em projetos que preparam Porto Belo para o futuro, pensando não apenas no desenvolvimento, mas na qualidade de vida para a população”, concluiu o Prefeito.

>>> PARA MAIS NOTÍCIAS, SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×