×
×

Escolha sua região:

Sábado, 04 de dezembro de 2021. Santa Catarina Mude de região ▼
MENU
O portal da notícia
em Santa Catarina.
BUSCAR
Empreendedorismo
MENU
BUSCAR
Empreendedorismo
publicidade
block/article/header
Empreendedorismo Compartilhar

Inovação

Coworking público: um espaço para compartilhar ideias e desenvolver negócios

O coworking é a junção de inovação social e empreendedorismo, e irá ajudar inúmeras pessoas a colocarem em prática suas ideias de negócio.

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Coworking público: um espaço para compartilhar ideias e desenvolver negócios
Foto: Divulgação/ Prefeitura de Florianópolis

Um espaço para fomentar projetos e o empreendedorismo social se tornou realidade em Florianópolis. Foi inaugurado em outubro, o Centro de Inovação Social e coworking público na Capital. O espaço está localizado em Santo Antônio de Lisboa e é sede da Fundação Somar.

O coworking é a junção de inovação social e empreendedorismo, e irá ajudar inúmeras pessoas a colocarem em prática suas ideias de negócio.

“Sabemos que com um espaço maior e ainda mais incentivo podemos alcançar melhores resultados para Capital”, comenta Cintia Loureiro, presidente da Fundação Somar.

No momento, o coworking funcionará para pessoas que se inscreveram no Programa SOMAR de Inovação e Empreendedorismo Social. A iniciativa oferece, gratuitamente, uma mentoria com palestras, workshops e eventos.

Empreendedorismo social

Florianópolis é a segunda na lista do Índice de Cidades Empreendedoras de 2020, e no quesito inovação é a primeira colocada. A Capital vem se destacando e criando um ambiente propício para negócios, e o espaço SOMAR vem para fomentar ainda mais o empreendedorismo social e alavancar a economia local.

A Nágela Marques é uma das empreendedoras que passou no edital do Programa SOMAR, e utiliza as dependências do coworking para desenvolver seu negócio. O objetivo de seu projeto, é que mulheres vítimas de violência doméstica e que vivem na comunidade, possam receber formação e auxílio na busca de emprego. Com o apoio do programa de empreendedorismo social, a Nágela poderá ajudar mulheres em situação de vulnerabilidade financeira a conseguirem sua independência para que possam sair de situações abusivas.

Durante oito semanas, o espaço da Fundação SOMAR contará com parceiros do Sebrae para dar suporte ao empreendedores. As reuniões ocorrem uma vez por semana e conta com um cronograma de consultorias e treinamentos.

Para Nágela, o espaço é uma oportunidade de compartilhar conhecimento, ideias e possibilidades para ajudar o próximo.

“O empreendedorismo social é um novo despertar nos negócios. Sempre gostei de compartilhar conhecimentos e vi no SOMAR uma oportunidade de colaborar com aquilo que acredito. É preciso exalar a essência do amor ao próximo, pensar na dor do outro e formas de colaborar para o melhor desenvolvimento da sociedade. Juntos, cada um fazendo a sua parte, vamos criando melhores condições de vida e de forma mais sustentável para as próximas gerações”.

De acordo com a diretora executiva do espaço, Juliana Galliano, nessa primeira edição do programa 10 projetos foram contemplados, mas para a segunda edição a pretensão é dobrar o número de selecionados. O edital deve ser publicado no início de 2022. Para ficar por dentro dos editais e das novidades do espaço acesse o site da Fundação SOMAR, clicando neste link.


>> PARA MAIS NOTÍCIAS, SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK.

query/article/query-columnist
block/article/social-network
block/general/block-plus-news