Esporte
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Esporte Compartilhar
denúncia

Jogador do Boca Juniors é acusado de estupro e tentativa de homicídio

O atacante Sebastián Villa, foi novamente denunciado. Crimes teriam acontecido em junho de 2021, após o jogador ter tido uma "crise de ciúme"

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Jogador do Boca Juniors é acusado de estupro e tentativa de homicídio
Sebastián Villa. Foto: Reprodução/Instagram

O atacante Sebastián Villa, do Boca Juniors, foi novamente denunciado nesta sexta-feira (13) por violência de gênero. Dessa vez, o caso é mais grave: estupro e tentativa de homicídio. O fato relatado pela mulher, cuja identidade não foi revelada, teria acontecido em junho de 2021. As informações são do jornal argentino “La Nación”.

Naquela ocasião, ambos foram a um churrasco, onde estavam presentes outros jogadores do Boca. Segundo a vítima, Villa ingeriu “uma grande quantidade de álcool” e teve uma crise de ciúmes. Os dois, então, foram para a casa do atleta, onde o crime teria acontecido.

“Sebastián tinha tomado mais de uma garrafa de uísque. Ele estava acariciando meu rosto, quando, de repente, ficou violento, apertou meu queixo com força e na nuca, e me deu um tapa, dizendo: Você gostou dos meus colegas?”, relatou a vítima na denúncia.

“Entre as lágrimas, como resultado do golpe, ele começou a acariciar meus cabelos, enxugou minhas lágrimas e começou a me beijar, mas imediatamente ele apertou minha mandíbula novamente com muita força, me impedindo de respirar por muitos segundos até que consegui sair daquela situação, e ele mordeu violentamente meus lábios. Naquele momento, eu pensei que ele estava tentando me matar”, complementou.

A mulher tentou sair do quarto, mas Villa a impediu: “O réu começou a abusar de mim, batendo-me algumas vezes e cobrindo minha boca com a mão, momento em que fiz alguns arranhões por querer sair daquela situação”.

A vítima disse que conseguiu deixar a casa de Villa após a chegada de um policial, que foi à residência a pedido de um vizinho. Segundo a mulher, um segurança do jogador estava presente no local.

No relato, a vítima disse que não fez a denúncia antes porque estava “bloqueada e com muito medo”, alegando ter provas para sustentar o que disse. Essa não é a primeira vez que Villa é denunciado por violência de gênero. Em abril de 2020, o atacante foi acusado por Daniela Cortés. O Boca Juniors ainda não se pronunciou.

Informações: SBT Sports

>>> PARA MAIS NOTÍCIAS, SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais