Cotidiano
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Cotidiano Compartilhar
Inovação

Programa de pré-incubação está com inscrições abertas para unidades de Biguaçu e do bairro Monte Cristo

Moradores da Grande Florianópolis poderão se inscrever gratuitamente

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Programa de pré-incubação está com inscrições abertas para unidades de Biguaçu e do bairro Monte Cristo
Cocreation Lab Florianópolis. Foto Divulgação

O Cocreation Lab, maior programa de pré-incubação do Brasil presente em 17 cidades de Santa Catarina, está com inscrições abertas para as novas unidades de Biguaçu e do bairro Monte Cristo, ambas na Grande Florianópolis. Tudo gratuito.

Em Biguaçu, o programa chega por meio de uma parceria entre o município e o Sebrae e as inscrições podem ser feitas até sábado (17). Até 15 projetos inovadores serão selecionados e receberão apoio especializado para serem transformados em negócios. 

O edital está disponível no site do Cocreation Lab e o resultado dos selecionados para a etapa de entrevistas será divulgado no dia 26. Depois, o resultado final será divulgado em 30 de outubro. Os projetos que oferecem soluções para os setores de agronegócio e agroturismo receberão pontuação extra na etapa de avaliação, já que são áreas relevantes para a cidade.

A abertura da pré-incubadora está prevista para o dia 5 de novembro, no CITeB – Centro de Inovação e Tecnologia de Biguaçu.

Em Florianópolis

CEDEP. Foto Divulgação

O bairro Monte Cristo, na Capital, também vai ganhar uma unidade da pré-incubadora Cocreation Lab. A ação inédita é fruto da parceria entre a pré-incubadora, o CEDEP – Centro de Educação Popular e o Sebrae. As inscrições estão abertas até o dia 23 de outubro e o início das atividades está previsto para 15 de novembro.

O Monte Cristo já esteve no topo da lista das localidades com mais mortes violentas da capital catarinense (2017) e também é um dos bairros mais pobres. A iniciativa pretende estimular os microempreendedores e fomentar o saber local para auxiliar no desenvolvimento da própria comunidade. 

Os dados colocam luz às diferentes realidades dentro da Capital. Florianópolis se destaca no país com um IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) de 0,847, ocupando o terceiro lugar entre municípios brasileiros segundo o Pnud (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento). Em 2018, de acordo com dados do IBGE, o salário médio mensal de trabalhadores e trabalhadoras formais era de 4.8 salários mínimos. Enquanto isso, estima-se que o IDHM do Monte Cristo seja 0,763 e a renda de 77% dos domicílios do bairro é de até 2 salários mínimos.

Em relação à escolaridade da população, uma porção pequena (6,27%) tem o ensino superior completo – uma proporção baixa em comparação com o município, onde 31,47% da população tem ensino superior completo, segundo o Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil (2013).

Metodologia direcionada

Pensando nessas particularidades da comunidade, o Cocreation Lab Monte Cristo terá o desafio de adaptar a metodologia para a realidade desse público, que apesar de muitas vezes apostar no empreendedorismo por necessidade, ainda tem muito potencial para explorar a inovação como possibilidade para melhorar de vida. 

Nas duas unidades, durante cinco meses, os participantes selecionados passarão por diversas atividades, mentorias e networking, por meio da metodologia exclusiva TXM Business, idealizada pelo professor da UFSC e fundador do Cocreation Lab Luiz Salomão Ribas Gomez.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais