Cotidiano Compartilhar
Investigação

PF vasculha casa de suspeito de publicar prova do Enem nas redes

Agentes vasculham dois endereços em Sobral, no interior do Ceará

• Atualizado

Estadão Conteúdo

Por Estadão Conteúdo

Imagem Ilustrativa. Foto: Pixabay (banco de imagens)
Imagem Ilustrativa. Foto: Pixabay (banco de imagens)

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira, 24, a Operação Limite Virtual para investigar suposto vazamento da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Agentes vasculham dois endereços em Sobral, no interior do Ceará.

O principal alvo da ofensiva é um investigado que teria compartilhado trechos da prova nas redes sociais. A PF apura divulgação ilícita do tema da redação referente ao caderno rosa do exame, durante a realização da prova em 2023.

De acordo com a corporação, o investigado pode ser enquadrado por fraude em certame de interesse público, com pena que pode chegar a oito anos de prisão.

A investigação teve início após o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) comunicar o caso à PF. Foi então que a corporação identificou o suspeito no interior do Ceará.

De acordo com a PF, o nome da operação, Limite Virtual, “busca alertar as pessoas sobre os limites que devem ser impostos nas redes sociais”.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×

    Este site é protegido por reCAPTCHA e Google
    Política de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam.