Cotidiano Compartilhar
Luto

Morre o ‘Granada Romântica’ da Jovem Guarda, o cantor Ary Sanches

Artista, que tinha 80 anos, lutava contra um câncer de pulmão e estava internado em um hospital de São Paulo

• Atualizado

SBT News

Por SBT News

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Morreu, nesta terça-feira (19), o cantor Ary Sanches, o ‘Granada Romântica’ da Jovem Guarda. Aos 80 anos, ele lutava contra um câncer de pulmão e estava internado em um hospital da zona leste de São Paulo. O corpo de Ary será cremado na tarde desta quarta-feira (20.dez), no Cemitério da Vila Alpina.

Ary conheceu o cantor Roberto Carlos durante uma apresentação no Restaurante Fasano, em São Paulo. O Rei gostou de sua voz e o convidou para participar do primeiro programa Jovem Guarda, que estreou em 1965 na Record TV. Ele entrou para o elenco fixo do grupo, ao lado de Wanderléa, Roberto e Erasmo Carlos.

Foi de Roberto Carlos também a ideia do apelido ‘Granada Romântica’, por Ary ser intérprete de músicas italianas de sucesso da época.

Após o fim da Jovem Guarda, a voz de “O Adeus” e “Love Is All”, que entrou para a trilha sonora da novela “O Espigão”, foi convidada por Silvio Santos, ainda na Rede Globo, para cantar no quadro “Os Galãs Cantam e Dançam aos Domingos”, exibido de 1970 a 1973.

Em 1986, o ‘Granada Romântica’ participou do “Qual é a Música”, no SBT, a convite do dono da emissora e apresentador do programa, Silvio Santos.

Em 2017, Ary Sanches gravou seu primeiro DVD, num show em São Paulo, com participações especiais de Moacir Franco, Altemar Dutra Jr., Carmem Monarcha e do baterista Netinho.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×