Fabio Schardong

Jornalista com 32 anos de profissão. Comunicador na Rádio Chapecó desde 2005.


Colunistas Compartilhar
em perigo

Chape perde em casa e corre risco no campeonato estadual

Derrota ocorreu para o Figueirense, dentro da Arena Condá

• Atualizado

Por

Fotos: Tiago Meneghini | ACF.
Fotos: Tiago Meneghini | ACF.

A Chapecoense perdeu em casa para o Figueirense, no começo da noite deste sábado (24), na Arena Condá. Foi pela 10ª rodada do campeonato estadual. Guilherme Pato marcou o gol da vitória, aos 5 minutos do 2º tempo, encaminhou seu time para a próxima fase e ainda deixou a Chape a perigo na competição.

Ao Verdão resta encarar o líder Criciúma na última rodada, pontuar, se garantir na Série A e buscar a classificação. Vai ter que jogar o que não jogou até aqui.

Será que esse grupo tem condições de reverter a situação? Difícil.

A partida

A Chapecoense iniciou bem a partida, indo para cima e buscando o gol. Parecia ser questão e tempo para estar à frente do placar. Não fez e o Figueirense equilibrou a partida.

Neste cenário parelho, as duas equipes ficaram devendo dentro de campo, se bem que o visitante até marcou um gol nos minutos finais, mas em impedimento. O árbitro anulou. Impedimento bem marcado.

Os atacantes da Chape pouco fizeram no primeiro tempo, que encerrou empatado por 0 a 0.

Não houve alterações no intervalo.

O Figueirense abriu o marcador logo aos 4 minutos. Guilherme Pato pegou a zaga desorganizada e bateu o goleiro Gabriel Gasparotto, fazendo 1 a 0.

O resultado foi mantido até o fim, pois a Chapecoense fez um segundo muito ruim, embora tenha acertado a trave aos 40 minutos, com Rafael Carvalheira, que foi, talvez, o “menos ruim” dentro de campo. Osman Junior mostrou a má fase ao perder um gol aos 43’, de cara com o goleiro.

Falta qualidade, é evidente desde o início do campeonato. Agora o time corre perigo até de rebaixamento na última rodada.

Fotos: Tiago Meneghini | ACF.

O último jogo da primeira fase

No próximo sábado (24), às 16h30, a Chapecoense jogará no sul do estado. Será contra o Criciúma, pela última rodada da primeira fase, que irá definir os cruzamentos para as quartas de final.

Ficha técnica

  • Chapecoense: 12)Gabriel Gasparotto 19)Eduardo (Marlone) 13)Bruno Leonardo 3)Doma 6)Mancha 35)Foguinho 5)Auremir 2)Maílton (Robinho) 30)Thomás Bedinelli (Rafael Carvalheira) 9)Perotti (Osman Jr) 7)Marcinho (Walterson) Técnico – Umberto Louzer
  • Figueirense: 12)Vinícius Barreta 14)Cedric 4)Thomás Kayck 27)Genilson 23)Titto (Jonathan) 5)JP Iseppe (Matheus Farinha) 21)Léo Baiano 10)Cesinha (Tiago Barbosa) 19)Guilherme Pato 11)Alisson (Ruan Levine) 9)Renan Bernabé (Léo Maia) Técnico – João Burse
  • Arbitragem: Rafael Traci, auxiliado por Thiaggo Americano Labes e Éder Alexandre / Quarto árbitro – Samuel Soares / Delegado – Gabriel Dal Piva / Delegado Especial – Claudemir Maffessoni
  • Cartões amarelos: Cesinha, JP Iseppe (Fig);
  • Data: 24/02/2024 (Sábado)
  • Horário: 18h
  • Estádio: Arena Condá, em Chapecó
  • Público: 5.581 torcedores
  • Renda: R$ 122.580,00

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×