Segurança Compartilhar
Cárcere privado e tortura

Família rastreia celular e ajuda polícia a encontrar parente sequestrado em Itapema

Criminoso mandou vídeo da vítima pedindo resgate de R$ 9 mil

• Atualizado

Redação

Por Redação

Foto: PMSC | Divulgação
Foto: PMSC | Divulgação

Na noite de quinta-feira (08), um homem foi libertado do local onde estava sendo mantido pelo sequestrador após familiares conseguirem rastrear o vídeo do pedido de resgate. O caso aconteceu em Itapema, no Litoral Norte catarinense.

Segundo a Polícia Militar, por volta das 23h, familiares da vítima acionaram a PM informando que registraram um boletim de ocorrência após o homem mandar um vídeo pedindo R$9 mil para ser liberado. Os familiares rastrearem o celular e um endereço foi apontado.

No local, um morador falou sobre os demais vizinhos e um possível suspeito foi identificado. Ao bater na porta dos fundos, o homem atendeu os policiais e informou que estava sozinho com sua namorada. No apartamento de dois cômodos os policiais viram a mulher deitada na cama e a cozinha vazia. “Porém o homem aparentou nervosismo e a guarnição desconfiou e estava prestes a solicitar um apoio de outra guarnição”, informou a PM.

Localização da vítima

De acordo com os policiais, o suspeito, de 36 anos, estava inquieto e começou a falar sobre a vítima, que estava desaparecida. Ele disse que o homem havia lhe vendido uma moto por R$9 mil e não lhe entregou o produto, que não sabia onde o mesmo estava e que ele havia fugido.

“Ele demonstrou muita revolta no relato e ao ser mais indagado perguntou se a guarnição queria ver a casa, porém ele iria mostrar o apartamento do piso superior, então a guarnição falou que entraria primeiro na kitnet, onde ele estava, em ato contínuo iniciado as buscas foi constatado a vítima num pequeno corredor, sob efeito de alguma substância psicoativa, possivelmente em estado de choque, cabeça raspada e hematomas”, aponta o relatos dos policiais militares.

Para os policiais, a vítima, de 23 anos, falou que não poderia contar o que aconteceu pois morreria e que falaria quando estivesse longe do suspeito. Ele confirmou o cárcere e a tortura e informou que a mulher não teve participação, uma vez que tudo aconteceu antes dela chegar.

O suspeito foi preso em flagrante pelo crime de sequestro, cárcere privado e tortura. Segundo a PM, na residência foram localizados diversos objetos que seriam utilizados para prática de tráfico de drogas, como uma porção de aproximadamente 40 gramas de maconha, faca suja com resquícios de maconha, balança, dinheiro, dois aparelhos celulares e uma munição calibre 32mm.

A vítima foi atendida pelo Samu e em seguida conduzida para o Hospital Santo Antônio de Itapema para medicação e exames.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×