Segurança Compartilhar
registro cassado

Ex-médico é preso por abandonar a mãe em hospital

Criminoso foi condenado por abuso sexual e teve exercício profissional cassado

• Atualizado

SBT News

Por SBT News

Reprodução/SBT News
Reprodução/SBT News

Um ex-médico ginecologista foi preso na última quarta-feira (17/5), após abandonar a própria mãe no Hospital Militar de Área de Brasília. O mesmo já foi condenado por abuso sexual de pacientes, entre elas uma menor de idade.

A idosa foi internada no dia 4 de abril e recebeu alta no dia 28 do mesmo mês, para não ter um novo quadro de infecção hospitalar. Ele não compareceu para buscar a mãe mesmo sendo alertado.

Segundo o hospital, o ex-médico não acompanhou o tratamento da mãe durante a internação e não deixou nenhum outro responsável, mesmo tendo ciência sobre a necessidade de alguém acompanhar a idosa durante o tratamento.

Conforme a delegada que investiga o caso, o homem relatou não ter condições financeiras de receber a mãe, mesmo administrando ilegalmente as finanças da vítima, pois não tem a curatela da mãe.

O ex-ginecologista teve o registro de trabalho cassado pelo Conselho Regional de Medicina após ser condenado por abuso sexual de pacientes, entre elas uma menor de 17 anos.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×