Segurança Compartilhar
Justiça

Acusado de atropelar e matar PM é condenado a 33 anos de prisão em SC

Eduardo Coimbra foi julgado na 2ª Vara da Comarca de Guaramirim. O crime ocorreu em Massaranduba no dia 24 de abril de 2022

• Atualizado

Olga Helena de Paula

Por Olga Helena de Paula

Foto: PMSC/Divulgação
Foto: PMSC/Divulgação

Nesta sexta-feira (25), o homem acusado de atropelar e matar o policial militar, Alexandre Maciel, em abril do ano passado, foi condenado a 33 anos, nove meses e quatro dias de prisão. Eduardo Coimbra foi julgado na 2ª Vara da Comarca de Guaramirim, no Norte de Santa Catarina.

Relembre o caso

O policial militar Alexandre Maciel, de 40 anos, morreu após ser atropelado na rodovia SC-108, no centro de Massaranduba, em 24 de abril de 2022. Maciel era de Blumenau, mas trabalhava em uma operação na cidade.

Conforme a Polícia Militar Rodoviária, ele estava realizando o atendimento de um acidente de trânsito, quando tentou abordar outro veículo. O carro suspeito estava sendo conduzido por um foragido do presídio de Blumenau. O homem não acatou a ordem de parada e atropelou o agente.

O foragido, identificado como Eduardo Coimbra, de 26 anos, tem passagens por tráfico de drogas, roubo e extorsão. Segundo a PMRv, o cabo foi encaminhado à Unidade de Pronto-Atendimento de Massaranduba em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O criminoso abandou o carro após o atropelamento e fugiu para uma área de mata, no entanto, foi localizado dias depois.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×

    Este site é protegido por reCAPTCHA e Google
    Política de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam.