Rádio Clube Compartilhar
É HOJE!

Rádio Clube de Lages estreia programa sobre agronegócio nesta terça-feira; saiba mais

O AgroClube inicia às 13h25, com boletim atualizado sobre as informações que giram em torno do agro

• Atualizado

Carolina Sott

Por Carolina Sott

Foto: Rádio Clube de Lages
Foto: Rádio Clube de Lages

A Rádio Clube de Lages estreia nesta terça-feira (06), a partir das 13h15, o programa AgroClube, com a apresentação do comunicador Handerson Souza. Informações sobre as tendências da agricultura, o agronegócio, clima, agricultura familiar, dicas e soluções do cultivo, tecnologia e biotecnologia contarão na programação.

Além das ondas da 98,3FM, o programa também será transmitido pelo YouTube e Facebook da Clube TV. Durante a semana, na segunda, quarta, quinta e sexta-feira, o AgroClube inicia às 13h25, com boletim atualizado sobre as informações que giram em torno do agro na região serrana, do Estado e no Brasil.

“Tínhamos essa lacuna em nossa programação. A Clube tem sua essência no homem do campo, com o novo programa vamos trazer o dia a dia da agricultura e do agronegócio, buscando atender as necessidades de nossa audiência. Num formato bastante descontraído, o conteúdo vem para fazer a diferença e mostrar as novidades do setor. Tudo foi preparado com carinho para levar ao público informações pertinentes e atualizadas”, comenta Ioton Neto, diretor de Conteúdo da Clube.

Para o presidente do Sistema Catarinense de Comunicação (SCC), Roberto Amaral, o programa é um reconhecimento ao setor que movimenta a economia estadual e nacional.

“A estreia do programa AgroClube reforça a importância do agronegócio em nosso Estado. Um setor que, com a ajuda do comércio e serviços, contribui para alavancar a economia catarinense. A agricultura que dá certo, fortalece a economia e gera empregos. Esse é o nosso objetivo”, disse.

A safra do pinhão será discutida no primeiro AgroClube

A safra do pinhão em 2023 será discutida no primeiro programa AgroClube nesta terça-feira (06). É aguardada colheita de sementes de boa qualidade neste ano, porém em menor quantidade do que foi colhido em 2022. No geral, estima-se que na região da Amures, formada por 18 municípios, a safra do pinhão será em torno de 50% menor neste ano, comparado ao que foi colhido em 2002.

Mas como é uma estimativa, as coisas poderão ser diferentes, a exemplo do que ocorreu ano passado quando colheu-se, na região da Amures, em torno de 8 mil toneladas, diante de uma previsão de colheita entre 6 a 7 mil toneladas. No programa, todos os detalhes da safra serão discutidos com Gerente Regional da Epagri de Lages, José Márcio Lehmann.

>>> Para mais notícias, siga a Rádio Clube de Lages no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×