Política Compartilhar
Golfo Pérsico

“É 0800”: Presidente Jair Bolsonaro justifica hospedagem em hotel de luxo em Dubai

"Só comi fora também porque o Guedes pagou, se não ia pegar frutas aqui do hotel", disse o presidente

• Atualizado

SBT News

Por SBT News

Foto: José Dias | PR | Divulgação.
Foto: José Dias | PR | Divulgação.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) justificou sua estadia em um hotel de luxo em Dubai neste sábado (13), durante conversa com jornalistas. “É ‘0800’ pra mim, tá ok? Eu e mais nove, são dez quartos. Mas eu não estou reclamando, quem paga a conta aqui não seria eu, seria o cartão corporativo”, disse, afirmando que a hospedagem é gratuita para ele. 

“Vocês sabem quanto é a diária do meu quarto? 45 mil reais. Com todo respeito, eu jamais ficaria aqui. Você sabe quanto o presidente da República ganha líquido por mês? 25 mil reais”, afirmou Bolsonaro. “Eu só comi aí fora também porque o Paulo Guedes pagou, se não eu ia pegar umas frutas aqui no hotel”, acrescentou. 

O presidente está em Dubai para o primeiro de uma série de compromissos em países do Golfo Pérsico – Emirados Árabes, Bahrein e Catar. O mandatário terá agenda com o primeiro-ministro e vice-presidente dos Emirados, Sheik Mohammed Bin Rashid Al Maktoum. Na pauta, estará a alta no preço do petróleo, que tem impacto direto no valor cobrado pelos combustíveis. 

Bolsonaro também deverá tratar da concessão de um terreno em Brasília para o governo dos Emirados Árabes construir a Embaixada no Brasil. Em Dubai, a cidade mais populosa dos Emirados, o presidente vai participar de duas feiras importantes: a Expo Dubai, que seria realizada no ano passado, mas precisou ser cancelada por causa da pandemia, e a Dubai Air Show, exposição da indústria espacial e de aviação. O governo brasileiro tem interesse em comercializar as aeronaves produzidas pela Embraer. 

>> SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM FACEBOOK.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×