Sábado, 08 de maio de 2021.
Segurança compartilhar compartilhar

Oito homens são presos por suspeita de atuação no assalto a banco em Criciúma

As prisões aconteceram em Gramado (RS), São Leopoldo (RS), na divisa de Torres e em Três Cachoeiras (RS).


De Redação
Data de Publicação: 03/12/2020 12:56
e atualizado em: 03/12/2020 13:32
Foto: Divulgação PMSC

Na manhã desta quinta-feira (3), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) concedeu entrevista coletiva no Rio Grande do Sul. O assunto foram as prisões realizadas naquele Estado referentes ao assalto a banco cometido em Criciúma (SC) na madrugada de terça-feira (1º).

Prisões

As prisões aconteceram em Gramado, São Leopoldo, na divisa de Torres e em Três Cachoeiras, todas cidades gaúchas. No total, foram oito presos. Segundo a polícia, sete suspeitos são de São Paulo e um é de Minas Gerais.

Dois indivíduos foram encontrados em Gramado, na manhã desta quinta-feira (3).

Os outros seis suspeitos, foram presos entre a tarde de quarta-feira (2) e a madrugada desta quinta, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF):

  • Tarde de quarta: presos dois homens no município de São Leopoldo (RS). Ambos foram encaminhados até o Departamento Estadual de Investigações Criminais da Polícia Civil, na capital.
  • Tarde de quarta: três suspeitos foram localizados entre a divisa de Torres, no Litoral Norte gaúcho, e Passo de Torres, já em Santa Catarina. Eles foram levados para a delegacia de polícia de Araranguá, próximo de Criciúma.
  • Madrugada desta quinta: o Batalhão de Operações Especiais prendeu um suspeito na cidade de Três Cachoeiras (RS).

Casa em Morrinhos do Sul

Na madrugada desta quinta (3), por volta das 5h30min, foi localizada uma casa Morrinhos do Sul (RS), que teria sido utilizada pelos criminosos para planejamento do assalto e esconderijo dos objetos. No local, um suspeito foi preso. Segundo informado em coletiva, ele seria natural de São Paulo. O homem foi conduzido até a DEIC de Porto Alegre para prisão em flagrante. O IGP está fazendo uma varredura em todas as coletas.

Além da PRF, estiveram na coletiva a Brigada Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Instituto-Geral de Perícias. A coletiva aconteceu às 11h no segundo andar da sede da Secretaria da Segurança Pública do Rio Grande do Sul.

Confira um trecho da coletiva:


Leia mais:

“Só davam tiros para o alto”, diz um dos reféns de assalto em Criciúma

Polícia encontra galpão usado por assaltantes em Criciúma

Galeria: trabalho do IGP na investigação do assalto em Criciúma atuará em duas etapas


Continua depois da publicidade

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desse site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Resposta em linha
Ver todos os comentários
Botão Topo Botão Topo
fale conosco
siga-nos
© Copyright 2020 SCC - Sistema Catarinense de Comunicações.