Mundo Compartilhar
Forte calor

Na Índia, onda de calor extremo deixa quase 100 mortos

Alta temperatura também resultou em internações; governo estuda se há outro motivo para óbitos

• Atualizado

SBT News

Por SBT News

Foto: Soumi Das/Unicef, via SBT News
Foto: Soumi Das/Unicef, via SBT News

A onda de calor extremo que chegou à Índia na última semana já resultou na morte de ao menos 96 pessoas. Segundo autoridades de saúde locais, os óbitos foram registrados em dois dos estados mais populosos do país, Uttar Pradesh e Bihar, onde as temperaturas chegaram a atingir 42ºC e 44ºC nos últimos dias.

O forte calor também fez com que mais de 400 pessoas fossem levadas aos hospitais, que precisaram aumentar o número de ar condicionados portáteis. Jornais locais relataram que a maioria dos sintomas dos pacientes incluía febre, falta de ar e diarreia. O governo afirmou que estuda se há outro motivo para as internações, como água contaminada.

Apesar das ondas de calor serem comuns em junho, a Índia ainda sofre para lidar com as altas temperaturas, sobretudo em meio ao aumento constante da população. Além de ter impactos múltiplos na saúde humana, o calor extremo afeta ainda a produção agrícola e o abastecimento de água e energia no país.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×