Mundo animal Compartilhar
Final feliz

VÍDEO: cachorro baleado em ocorrência ganha nova família com policial militar

Profissional atuava na ocorrência de homicídio do ex-tutor do pet

• Atualizado

Vitória Farinha

Por Vitória Farinha

Fotos: Polícia Militar de Santa Catarina | Reprodução
Fotos: Polícia Militar de Santa Catarina | Reprodução

Em Itajaí, no Litoral Norte de Santa Catarina, o atendimento de uma ocorrência de homicídio resultou na adoção de um cachorro por um dos policiais militares. O animal era da vítima e também acabou baleado no local.

No dia 7 de março, o ex-tutor do pet foi assassinado no Bairro Fazenda. A guarnição do 1º Batalhão de Itajaí, onde atua o Soldado Gonçalves, prestou apoio à ocorrência. Quando estavam saindo do local, os profissionais viram o cachorrinho pela câmera de ré da viatura.

Os policiais retiraram o animal da cena do crime e notaram que ele estava com uma fratura exposta em uma das patas. Eles entregaram o cachorro para sua antiga família, que quis colocar o pet para adoção.

A guarnição levou o animal ferido para a emergência de um hospital veterinário. No dia seguinte, o soldado Gonçalves o internou em outra unidade, onde o pet passou por exames que constataram a gravidade do ferimento. O cachorro não tinha como recuperar os dedos da pata e, além disso, estava com uma infecção causada pelo tiro.

Os veterinários precisaram amputar a pata do animal, que acabou se recuperando totalmente da situação. O soldado falou, no vídeo publicado nas redes sociais, que desde o primeiro momento acabou se apegando ao cachorro.

“Eu mesmo o adotei, hoje ele se chama Tadeu e é a nossa alegria. Ele foi adotado por mim e acolhido por todos os policias militares do batalhão”, falou o PM.

Assista ao vídeo:

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×