Esporte
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Esporte Compartilhar
Seleção

Renan Lodi revela ansiedade por estreia como titular na seleção brasileira

No ano passado, Renan Lodi defendeu o Brasil nos amistosos contra Senegal, Nigéria, Argentina e Coreia do Sul.

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Renan Lodi revela ansiedade por estreia como titular na seleção brasileira
Renan Lodi. Foto Instagram, Reprodução

Cotado para ser titular na estreia da seleção brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, no Catar, Renan Lodi não escondeu a ansiedade. O lateral afirmou que, se for escolhido para iniciar a partida contra a Bolívia, sexta-feira, às 21h30, na Neo Química Arena, a experiência será semelhante a de seu primeiro jogo como profissional da carreira, pelo Athletico-PR, em 2017.

“Se eu começar o jogo, vai ser o meu primeiro oficial pela seleção brasileira. Vai ser como se fosse o primeiro jogo como profissional na vida. Tenho que fazer o meu aqui, respeitando claro os meus companheiros de posição. Vou ter as minhas oportunidades e procurarei agarrar ao máximo. Quem veste essa camisa é porque merece”, disse o jogador do Atlético de Madrid, em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira, na Granja Comary, em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro.

“Estou muito feliz de estar nesse ambiente. Agora é me preparar. As Eliminatórias têm equipes de muita qualidade. Vai ser muito marcante e gratificante começar o jogo entre os onze. Vai ser marcante para o resto da vida”, emendou o jovem, de 22 anos, que treinou entre os titulares na primeira atividade com o todo o grupo.

No ano passado, Renan Lodi defendeu o Brasil nos amistosos contra Senegal, Nigéria, Argentina e Coreia do Sul. Sua primeira convocação aconteceu em setembro de 2019. Ele deixou boa impressão nas oportunidades que recebeu e voltou a ser chamado. Agora, vive a expectativa de ser titular. A disputa por posição é com Alex Telles, recém-contratado pelo Manchester United.

“Falando do Marcelo, Roberto Carlos, Alex Sandro, Alex Telles, procuro pegar esses nomes como exemplos e fazer o meu trabalho, respeitando os companheiros nessa disputa sadia, em que todos querem o bem. Estou muito feliz de estar aqui novamente, fazendo quase um ano de seleção. Todo mundo sabe que é uma pressão grande. Tem que ter personalidade, não ter medo de nada”, frisou

O Brasil faz mais dois treinos antes do confronto diante dos bolivianos. Na véspera da partida, a atividade será na Neo Química Arena, casa do Corinthians e palco do duelo. Depois, na segunda rodada das Eliminatórias, a seleção encara o Peru, em Lima, na próxima terça-feira.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/tags
block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais