Futebol Compartilhar
conscientização

VÍDEO: Ato de enfrentamento à violência doméstica é realizado em partida de futebol catarinense

A ação aconteceu neste domingo (05), durante o jogo entre Figueirense e Hercílio Luz

• Atualizado

Redação

Por Redação

Foto: Beno Küster
Foto: Beno Küster

Neste domingo (05), durante o jogo de futebol entre Figueirense e Hercílio Luz, que aconteceu às 19h, no Estádio de Futebol Orlando Scarpelli, em Florianópolis, a Rede Catarina do 22° Batalhão de Polícia Militar (BPM), realizou atos de conscientização e enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher, com foco no atendimento adequado aos casos de emergência.

O objetivo da campanha é oferecer um canal silencioso de denúncia à vítima que muitas vezes em casa não consegue denunciar a violência sofrida. A iniciativa foi baseada na campanha Sinal Vermelho, que é uma das ações integrativas da Operação Átria.

Letra “X”

A letra “X”, escrita na mão da mulher, de preferência na cor vermelha, funciona como um alerta e sinal de denúncia de forma silenciosa e discreta, de situação de violência. Sendo assim, o “sinal “X” é usado para que terceiros possam perceber que algo errado está acontecendo e acionar a polícia, a fim de ajudar a vítima.

Operação Átria

A coordenação da Operação Átria está sendo realizada através da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública com o apoio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM) do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, do Conselho Nacional de Justiça e do Conselho Nacional do Ministério Público, Colegiado de Segurança Pública de Santa Catarina, com o apoio e execução pela Polícia Militar de Santa Catarina.

A Polícia Militar de Santa Catarina irá participar dessa Operação com ações, visando intensificar o atendimento às vítimas de violência contra a mulher, reforçar a fiscalização do cumprimento de medidas protetivas, além de conscientizar a população sobre a importância de denunciar as agressões. A operação está prevista para ocorrer entre 27 de fevereiro a 28 de março.

Veja o vídeo:

Vídeo: Ricardo Pastrana | Divulgação

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×

    Este site é protegido por reCAPTCHA e Google
    Política de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam.