Cotidiano Compartilhar
Alerta

Vírus troca chave Pix e faz limpa no saldo da conta sem você perceber; entenda

Novo crime já foi detectado mais de 1.500 vezes de janeiro a setembro deste ano

• Atualizado

Redação

Por Redação

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil/Reprodução
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil/Reprodução

A modalidade de pagamento por Pix é algo cada vez mais crescente no Brasil. No entanto, a transferência pode estar ameaçada após uma empresa especializada em softwares de segurança, a Kaspersky, descobrir que cibercriminosos estão roubando valores quando ocorre a movimentação do dinheiro.

Conforme a empresa, os valores são roubados a partir de um celular infectado sem que a pessoa perceba a transferência. Tudo isso ocorre a partir de um programa disfarçado instalado no celular que consegue trocar a chave Pix no momento que uma transferência bancária é realizada.

O vírus pode não só mudar o destino do dinheiro, mas também o valor da transferência feita. Isso acontece apenas com os usuários de aparelhos do sistema Android. Em um vídeo obtido pela empresa foi possível verificar que há modalidades desse vírus que conseguem roubar quase todo valor da conta.

A imagem mostra uma pessoa que tenta transferir R$ 1 para um amigo, mas, na hora de digitar a senha para concluir a transferência, ela volta para verificar se está tudo certo, porém está o nome de outra pessoa e a quantia de R$ 636,95, cerca de 97% da quantia total que a pessoa tem na conta.

Ainda segunda a Kaspersky, conhecido como Brats, esse novo crime foi detectado mais de 1.500 vezes de janeiro a setembro em todo o Brasil.

Com informações de portal UOL

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×