Cotidiano Compartilhar
'Rasgou o contrato'

Arteris rescinde contrato com empresa responsável pelas obras do Contorno Viário

A concessionária informou que o rompimento contratual se deve pelo atraso no pagamento de salários dos funcionários das obras

• Atualizado

Redação

Por Redação

A Arteris Litoral Sul rompeu o contrato com a empresa que era responsável pelas obras do trecho sul do Contorno Viário de Florianópolis. Segundo a concessionária, uma das razões para a rescisão contratual unilateral é o atraso do pagamento dos funcionários que executavam as obras para a construtora: “por falta de pagamento de salários, conduta essa considerada inaceitável pela Arteris e que compete exclusivamente à contratada”.

A Arteris diz que as obras estavam comprometidas desde 7 de junho, devido à paralisação dos colaboradores que reivindicavam o pagamento dos salários cruzando os braços.

A empresa era responsável pelos trevos de interseção da futura rodovia com a BR-101 Sul e com a BR-282, além de 9,6 quilômetros de pistas duplas. O espaço está aberto para o seu posicionamento.

A Arteris diz que buscou alternativas para resolver os impasses entre a empresa e os funcionários: “não sobrando alternativa que não fosse o término da relação contratual”.

“A concessionária está avançando no estudo de alternativas para a continuidade das obras, visando a retomada dos serviços no menor prazo possível”, informou a assessoria da concessionária sobre quando a nova empresa será anunciada.

Faltam 17,5% para conclusão das obras do Contorno Viário de Florianópolis

A Arteris Litoral Sul também informou que as obras de construção da nova rodovia estão 82,5% concluídas e seguem normalmente nos demais trechos. A previsão de término é dezembro de 2023.

Dos quatro túneis duplos do projeto, um deles já teve a obra civil terminada e outros dois estão em fase de pavimentação, diz a concessionária.

“Além disso, 37km da futura rodovia foram pavimentados e 15 das 20 passagens em desnível já estão sendo utilizadas pela comunidade”, afirma.

A nova rodovia tem 50km de extensão com mais de 1.500 trabalhadores mobilizados e mais de 280 equipamentos pesados em operação.

Segue a nota-posicionamento da Construtora Azevedo & Travassos sobre as Obras de Implantação do Contorno Viário de Florianópolis (SC):

“Em decorrência de graves divergências havidas entre a Construtora Azevedo & Travassos e a Concessionária integrante do Grupo Arteris no cumprimento pela contratante das obrigações financeiras para implantação do Contorno Viário de Florianópolis (SC), as Partes buscaram, desde abril/maio do corrente ano, solucionar amigavelmente os temas sob análise, sempre no intuito de não acarretar impactos  no cronograma das obras de referido empreendimento. Em que pese os esforços dispendidos por ambas as Partes, não foi possível alcançar o consenso nos temas sob análise, razão pela qual optaram pela via de solução de conflitos prevista em Contrato. Nesse contexto, a Azevedo e Travassos nega veementemente a responsabilidade sobre os atrasos de pagamento de salários e fornecedores da obra do contorno, bem como ter sido a responsável pela interrupção das referidas obras. Em verdade, o não pagamento de medições pré aprovadas e a realização de retenções arbitrárias de receitas, por parte da Artéris, são a causa da situação em que se encontra hoje a obra e serão alvo de pedido indenizatório a ser formulado nas vias adequadas. 

As obras relativas à Rodovia Fernão Dias, sob responsabilidade da Azevedo & Travassos, seguem em normalidade.”

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×