Cotidiano Compartilhar
SC em 5º no ranking

Permitidos há 10 anos, casamentos homoafetivos quadriplicaram no Brasil

Santa Catarina é o quinto Estado no ranking de celebrações, com mais de 3 mil matrimônios

• Atualizado

SBT News

Por SBT News

Homossexualidade atualmente é punida com prisão de até dois anos em Singapura | Pixabay
Homossexualidade atualmente é punida com prisão de até dois anos em Singapura | Pixabay

A Central de Informações do Registro Civil (CRC Nacional), base de dados nacional de nascimentos, casamentos e óbitos administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), apresentou os números mais recentes de casamentos homoafetivos no país. Em 10 anos, o número de matrimônios cresceu quatro vezes.

Ainda de acordo com o levantamento “São Paulo lidera o ranking de celebrações homoafetivas, tendo realizado 38,9%, com quase 30 mil matrimônios. Em seguida vem o Rio de Janeiro, com 8,6% dos casamentos, (6.574), Minas Gerais, com 6,6% das celebrações (5.062), Santa Catarina, com 5% oficializações (3.835), e Paraná, com 4,6% cerimônias (3.536)”.

Os matrimônios entre casais femininos representam 56% do total de casamentos homoafetivos no Brasil, tendo sido realizadas 42.872 celebrações deste tipo em cartório. Já os matrimônios entre casais masculinos representam 44% do total de casamentos homoafetivos no Brasil, tendo sido realizadas 33.558 celebrações, informa a Arpen-Brasil.

“O casamento entre pessoas do mesmo sexo é mais uma conquista cidadã que é celebrada nos Cartórios de Registro Civil do Brasil. É aqui que nascem os direitos do cidadão brasileiro, com seu primeiro registro e com a certidão de nascimento, e também é aqui que nasce esta nova família brasileira, formada por pessoas que se amam e que tem seu direito de convivência assegurado com o casamento civil”, estaca Gustavo Fiscarelli, presidente da Arpen-Brasil.

Em 2011, o STF declarou que era ilegal negar a união estável para casais do mesmo gênero. Com isso, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) passou a obrigar todos os cartórios do país a realizarem os casamentos homoafetivos. A decisão passou a valer em 14 de maio de 2013.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×