Cotidiano Compartilhar
Refeição

Inflação deixa o café da manhã dos brasileiros mais caro

Só no mês de junho, os itens do café da manhã aumentaram 3,8% em Florianópolis

Por

• Atualizado

Foto: Nereu Filho/ SCC SBT
Foto: Nereu Filho/ SCC SBT

O clássico café da manhã está mais caro, segundo um levantamento da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE). A pesquisa constatou que diversos dos itens tradicionais que compõem o café da manhã aumentaram de preço, como os panificados e as bebidas quentes.

O estudo demonstra que os cafés, chás e achocolatados subiram mais de 60% nos últimos doze meses. O leite teve um aumento de 36,63%, enquanto os panificados e os queijos aumentaram 21%. Os motivos destes aumentos vão desde a fatores sazonais ao diesel e à Guerra da Ucrânia.

Em Florianópolis, só no mês de junho, os itens do café da manhã tiveram um aumento de 3,8%. Porém, a expectativa para os próximos meses é de que pelo menos o preço do leite fique mais estável, de acordo com a economista da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Bruna dos Santos.

Veja a reportagem

>>> PARA MAIS NOTÍCIAS, SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK

publicidade
publicidade

Veja mais