Cotidiano Compartilhar
Reconstrução

Cidades gaúchas começam a recolher entulho deixado pelas enchentes

Mais de 120 mil toneladas de sujeira ficaram acumuladas em nove municípios da região do Vale do Taquari

• Atualizado

SBT News

Por SBT News

Foto: Divulgação/Reprodução.
Foto: Divulgação/Reprodução.

Nove cidades do Vale do Taquari, no Rio Grande do Sul, começaram a recolher os entulhos deixados pelas enchentes que atingiram a região. Mais de 120 mil toneladas de sujeira ficaram acumuladas nesses municípios.

Resíduos de todos os tipos serão transportados em dezenas de carretas por 150 quilômetros até o aterro sanitário do município de Minas do Leão (RS). A manobra e o cronograma são organizados pelo governo do Rio Grande do Sul, que recebeu 26 milhões de reais da Defesa Civil Nacional.

“O governo espera que possa auxiliar a rápida recuperação dos municípios, sabendo que essa questão do resíduo é muito desagradável, que pode até causar problemas na saúde pública”, diz Marjorie Kauffmann, secretária do Meio Ambiente do estado.

Encantado, que fica a 100 quilômetros de Porto Alegre, é uma das primeiras cidades a ter o lixo das enchentes recolhido. Apenas em um terreno são quase 8 mil toneladas de todo tipo de material. Outros oito municípios do Vale do Taquari também precisam retirar de circulação milhares de resíduos.

Cada cidade escolheu o terreno para armazenar os materiais. Em Estrela, perto de Encantado, o entulho foi colocado às margens de uma rodovia. Segundo a prefeitura, numa área aberta, sem vegetação, para evitar a contaminação local. “Após a coleta desse material, vamos verificar se houve contaminação das áreas e o lençol freático”, diz Tanara Schmidt, diretora do Departamento de Meio Ambiente de Estrela.

Em 5 de setembro, o Rio Taquari transbordou e ficou 30 metros acima do nível normal. A enchente devastou cidades e matou 53 pessoas. Assista a reportagem.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×