Acaert Compartilhar
Artigo

A Semana da Televisão em Santa Catarina

Data entrou para o calendário oficial de eventos do Estado.

Por

• Atualizado

Silvano Silva. Foto: Acaert, Divulgação
Silvano Silva. Foto: Acaert, Divulgação

Silvano Silva – Presidente ACAERT

Muita gente ainda não sabe, mas nesta quarta-feira, 1º de junho, é comemorado o dia que marca a Semana da Televisão em Santa Catarina. É uma data que entrou para o calendário oficial de eventos do estado. Tudo porque a Assembleia Legislativa aprovou recentemente a criação da Semana Estadual da TV e o governador sancionou a lei durante o 18º Congresso de Rádio e Televisão, realizado pela ACAERT na semana passada, em Florianópolis.

Portanto, Santa Catarina é o único estado brasileiro que possui a Semana Estadual do Rádio e, agora, da Televisão. Não se trata de meras datas formais, mas sim de oportunidades para reconhecer e fortalecer os papéis relevantes que o Rádio e a Televisão têm para a sociedade catarinense. Momento para refletir sobre a importância destes dois meios de comunicações, que estão cada vez mais atualizados, vibrantes e necessários.

O 1º de junho foi escolhido porque foi neste dia, em 1950, que a pioneira TV Tupi realizou sua transmissão experimental. O programa pôde ser assistido por apenas 200 aparelhos instalados em diversos pontos de São Paulo. No mesmo ano, a emissora começou a operar oficialmente no dia 18 de setembro, tornando o Brasil um dos primeiros do mundo a contar com a televisão.

De lá pra cá, a televisão vem se adaptando aos avanços das tecnologias. Da transmissão em preto e branco para a colorida. Do analógico para o digital, garantindo a qualidade em áudio e vídeo.

Televisão que está presente na vida de todos nós. Oferecendo entretenimento, informação com credibilidade, cultura, educação e prestação de serviço 24 horas por dia. E o mais importante: gratuito. De acordo com a pesquisa Inside Vídeo da Kantar Ibope Media, no ano passado o consumo médio diário de tv foi de 5h37min no Brasil. A TV aberta concentra 79% do tempo de vídeo de consumo dentro de casa.

E a nossa televisão em Santa Catarina tem características próprias, consolidando a Mídia Regional. Ao lado do rádio, está sempre conectado com os valores e pensamento da sociedade. Priorizando as nossas coisas, a tv construiu conexão de mão dupla com o catarinense, possibilitando uma identificação profunda com o nosso povo. Durante a pandemia, por exemplo, foi a ponte entre os esclarecimentos das autoridades de saúde e a população assustada.

E foi por meio da televisão, junto com o rádio, que a ACAERT pôde levar à sociedade a maior campanha social já realizada como o “Jeito Catarinense”. E outras como a do “Pense Grande: Pense Rádio, Pense TV”, que ressaltou a superação da população nas frequentes adversidades climáticas, além do potencial econômico de um estado naturalmente empreendedor, com tantos exemplos para o país.

Portanto, para valorizar o nosso Rádio e Televisão, a entidade tem agora o compromisso anual em promover esses dois grandes movimentos. Para que possamos, cada vez mais, fortalecer os dois meios mais identificados com nossa gente e nosso tempo.


>> PARA MAIS NOTÍCIAS, SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM FACEBOOK.

publicidade
publicidade

Veja mais