Coronavírus Compartilhar
Imunização

Governo anuncia ampliação do reforço com vacina bivalente contra a Covid 

Ministério da Saúde quer reforçar a proteção contra a doença e ampliar a cobertura vacinal

• Atualizado

SBT News

Por SBT News

Imagem Ilustrativa. Foto: Divulgação/PMF
Imagem Ilustrativa. Foto: Divulgação/PMF

O Ministério da Saúde anunciou na noite desta segunda-feira (24) a ampliação do reforço com a vacina bivalente contra a Covid-19 para todas as pessoas acima de 18 anos. A recomendação vale para quem já recebeu, pelo menos, duas doses de vacinas Coronavac, Astrazeneca ou Pfizer, como esquema primário ou como dose de reforço, há pelo menos quatro meses desde a última dose. Também pode receber quem ainda não completou o ciclo vacinal e está com alguma dose de reforço em atraso.

A recomendação tem o objetivo de reforçar a proteção contra a doença e ampliar a cobertura vacinal em todo país. A nova etapa de vacinação faz parte do Movimento Nacional pela Vacinação e deve alcançar cerca de 97 milhões de brasileiros.

Datas da vacinação

Com a liberação da pasta, fica a critério de cada estado e município organizar as datas para vacinar a população maior de idade. Até então, estavam no foco do governo os grupos prioritários, como idosos, trabalhadores da saúde e imunossuprimidos.

A decisão foi anunciada depois que dados de vacinação estiveram abaixo do esperado pela gestão de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Até a última quinta-feira (20) foram aplicadas 9,7 milhões de doses, de um público-alvo estimado em 55 milhões de pessoas.

Em nova campanha, o Ministério da Saúde reforçou que as vacinas “são seguras, eficazes e salvam milhares de vidas em todo o mundo”. A ministra da Saúde, Nísia Trindade, afirmou que a pasta trabalha para que o Brasil retorne ao posto de “referência mundial em altas coberturas vacinais”.

“Eu quero conclamar a união de todos pelo nosso Movimento Nacional pela Vacinação. É um movimento do Ministério da Saúde, dos estados, dos municípios e toda a sociedade civil. A ciência voltou e precisamos retomar a confiança da população nas vacinas, é uma missão de todos nós”, afirmou a ministra da Saúde, Nísia Trindade.

Para a secretária da Secretaria de Vigilância em Saúde e Ambiente (SVSA) do Ministério da Saúde, Ethel Maciel, aumentar as coberturas vacinais contra a Covid-19 é prioridade. “A vacinação é fundamental para minimizar a carga e prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença”.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×