Coronavírus
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Coronavírus Compartilhar
Impasse

Donos de quadras esportivas tentam diálogo com o Governo

Cerca de 700 pessoas dependem diretamente do setor

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Donos de quadras esportivas tentam diálogo com o Governo
De acordo com a Secretaria de Saúde de Santa Catarina, não há previsão de retorno para essa atividade. Foto: Freepik

Após quase seis meses de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus em Santa Catarina, os donos de quadras esportivas têm se sentido esquecidos pelas autoridades e reivindicam a a liberação para que as atividades de esporte amador voltem a acontecer no estado. Cerca de 700 pessoas dependem diretamente do setor, sem considerar os profissionais terceirizados ligados à área.

Em matéria veiculada no SBT Meio Dia desta quarta-feira (26), empresários e responsáveis por quadras de esporte explicaram que providenciaram medidas que reforçam a segurança dos locais, para evitar contaminação, e até tentaram estabelecer um diálogo com o Governo, mas não houve resposta. “Temos uma pessoa medindo a temperatura de cada atleta que chega ao estabelecimento, disponibilizamos o álcool em gel, não abrimos os vestiários para o público, as churrasqueiras foram lacradas também. A gente fez isso tudo para manter a segurança do nosso cliente, já levamos propostas para o governo do estado, mas não estamos sendo atendidos”, afirma Jean da Costa, proprietário de uma quadra.

Maurício Teixeira, dono de outro espaço, reforça que o setor quer ser ouvido. “A gente não quer ultrapassar protocolos, queremos trabalhar dentro do protocolo, mas que eles liberem pelo menos 30% de funcionamento para nós, pois estamos desesperados”, diz.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Santa Catarina, não há previsão de retorno para essa atividade, pois uma das questões que mais influencia os mapas de risco é o isolamento social. Segundo o Governo do Estado, conversas com representantes desse segmento foram iniciadas para a adoção de protocolos, mas, nesse momento de aceleração de casos não é possível liberar essa atividade.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/tags
block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais