Roberto Azevedo

O jornalista Roberto Azevedo tem 39 anos de profissão, 17 deles dedicados ao colunismo político. Na carreira, dirigiu equipes em redações de jornal, TV, rádio e internet nos principais veículos de Santa Catarina.


Política Compartilhar
Eleições 2024

PP faz encontro no Alto Vale do Itajaí e mira no crescimento até 2026

Sigla dará apoio a Gervásio Maciel, em Ituporanga, e aJaime Pasqualini, em Rio do Sul

• Atualizado

Por

Divulgação
Divulgação

O Progressistas fez dois encontros no Alto Vale do Itajaí, entre sexta-feira (16) e sábado (17), onde projetou o futuro com a provável candidatura à reeleição de Gervásio Maciel, em Ituporanga, e o lançamento de Jaime Pasqualini, em Rio do Sul. A região tem um eleitorado predominantemente conservador, uma referência para o PP, que também mira em 2026 se sair fortalecido nas urnas este ano.

Gervásio comanda pela terceira vez a prefeitura de Ituporanga, onde foi vice por um mandato, e também foi deputado estadual por três legislaturas, um anfitrião completo para o discurso do PP, que fará uma série de encontros regionais como este, de acordo com o presidente estadual, o ex-deputado federal Leodegar Tiscoski. Foi Tiscoski que declarou o apoio da sigla a um eventual projeto à reeleição de Gervásio, que também terá espaço para concorrer a deputado estadual ou federal, em 2026.

A marca dos eventos foi de unidade, com rasgados elogios ao senador Esperidião Amin, que estava acompanhado do secretário-geral nacional da legenda Aldo Rosa, o tesoureiro Amaro Lucio da Silva, os deputados estaduais Altair Silva, José Milton Scheffer, e a presidente estadual do PP Mulher, Beth Tiscoski. Coube a Aldo, histórico do PP e filho do Alto Vale, mencionar a pré-candidatura de Jaime Pasqualini, na sua Rio do Sul. O advogado e professor Pasqualini foi reitor da Unidavi deputado estadual por 60 dias, em 2008. Também concorreu a prefeito, em 2000 e em 2020 (desta vez pelo Podemos), e a deputado estadual pelo União Brasil, em 2022.

Forte na região desde os tempos da Arena

Aldo declarou que, desde os tempos da Arena (depois PDS, PPB, PPR e PP), o Alto Vale teve papel significativo na vida do partido, com grandes conquistas e lideranças. Por isso, um crescimento na região deve ajudar nos planos do PP, que pretende fazer de 5 a 6 deputados estaduais, hoje tem três, e, de no mínimo, dois deputados federais, hoje não tem nenhum.

Amin declarou que “estimular a participação é crucial, pois sem ela, não alcançaremos melhorias. Hoje é o dia do nosso compromisso com a política do nosso estado e com a nossa gente, visando proporcionar a esta região incrível, condições ainda melhores.” O senador e ex-governador do Estado por duas vezes sabe que um grande desafio é alinhar os projetos do PP à direita, já que o PL tem o 22 de Jair Bolsonaro e de Jorginho Mello, com um peso muito grande no Alto Vale e na maior parte das regiões do Estado.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×