Roberto Azevedo

O jornalista Roberto Azevedo tem 39 anos de profissão, 17 deles dedicados ao colunismo político. Na carreira, dirigiu equipes em redações de jornal, TV, rádio e internet nos principais veículos de Santa Catarina.


Política Compartilhar
Absurdo em meio à crise

Áudio vira fake news no Alto Vale do Itajaí para conflitar prefeitos; ouça e assista

Fato virou mais um problema durante a crítica situação das enchentes

• Atualizado

Por

José Thomé, prefeito de Rio do Sul, gravou um vídeo para desmentir o conteúdo divulgado no áudio | Reprodução/Rádio Mirador
José Thomé, prefeito de Rio do Sul, gravou um vídeo para desmentir o conteúdo divulgado no áudio | Reprodução/Rádio Mirador

Um áudio em que um homem critica duramente o prefeito de Rio do Sul, José Thomé (PSD), quase gera uma crise entre prefeitos no Alto Vale do Itajaí. O motivo é que as palavras pesadas, intercaladas por palavrões, foram usadas por outras pessoas para dizer que a mensagem era de um dos prefeitos da região, no caso Marcelo Costa (MDB), de Laurentino, ou Horst Alexandre Purnhagen (MDB), de Taió.

Em meio aos palavrões, a voz falava sobre a polêmica da abertura das comportas das barragens (Oeste, de Taió; Sul, de Ituporanga; e Norte, de José Boiteux) e um suposto benefício a Blumenau, o que dá para entender que a gravação foi feita a partir do dia 4 de outubro, depois da abertura da Oktoberfest.

O caso poderia ter criado uma crise em meio a uma situação grave a ser enfrentada pelos prefeitos e moradores, tanto de Rio do Sul, quanto de Taió e Laurentino, municípios próximos e entre os mais atingidos pela chuva que assola Santa Catarina. Transformar isso em fake news depõe contra a inteligência das pessoas.

O caso foi esclarecido, prefeito algum gravou o áudio e o prefeito José Thomé gravou um vídeo para desmentir o fato.

Ouça o áudio e assista ao vídeo:

Laurentino vive situação crítica

Até domingo (15), não havia passagem pelas ruas da cidade sem a utilização de bateiras (pequenos barcos), em Laurentino, no Alto Vale do Itajaí, próxima a Rio do Oeste e Taió, três dos mais atingidos municípios pela chuva no Alto Vale do Itajaí.

O prefeito Marcelo Rocha (MDB) disse que havia 211 pessoas nos abrigos com mais de 800 desalojadas. A prefeitura leva alimentação, água potável e medicamentos às famílias atingidas. A expectativa de Rocha é que, no início desta semana, o Rio Itajaí do Oeste baixasse mais oitenta centímetros para regularizar o tráfego de veículos. O rio havia baixado 1,10 metro de sábado (14) para domingo (15).

Rocha desmentiu que tivesse feito qualquer gravação de áudio e deu o caso por esclarecido com o vídeo de Thomé. Também não foi o prefeito de Taió o autor do áudio. Horst Purnhagen viralizou quando pediu a abertura das comportas da barragem ao governo do Estado.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×

    Este site é protegido por reCAPTCHA e Google
    Política de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam.