Segurança Compartilhar
fim trágico

Morre homem que ateou fogo no próprio corpo em Nova York

Ele estava internado desde sexta-feira (19), na unidade de queimados do Hospital Cornell

• Atualizado

SBT News

Por SBT News

Foto: Reprodução | Redes Sociais.
Foto: Reprodução | Redes Sociais.

O Departamento de Polícia da cidade de Nova York confirmou que o homem que ateou fogo no próprio corpo em frente ao tribunal de Manhattan, em Nova York, morreu na madrugada deste sábado (20). No local era realizado o julgamento do ex-presidente Donald Trump no caso de suborno a atriz pornô Stormy Daniels. Ele estava internado desde sexta-feira (19), na unidade de queimados do Hospital Cornell. A identidade do homem não foi revelada pela polícia.

Entenda o caso

Nesta sexta-feira (19), por volta das 13h30, o homem entrou no parque Collect Pond, que fica em frente ao tribunal onde Trump estava, pegou panfletos defendendo teorias da conspiração e os espalhou pelo parque antes de se encharcar com um acelerador e atear fogo no corpo. Ele caiu próximo a uma barreira policial e foi rapidamente resgatado pelos agentes e testemunhas do incidente.

A polícia informou que ele viajou da Flórida a Nova York recentemente, e a motivação da ação é investigada.

O incidente chocante aconteceu no momento em que o júri de 12 pessoas e 6 suplentes era liberado para uma pausa. Assista ao vídeo.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Fale Conosco
Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×

    Este site é protegido por reCAPTCHA e Google
    Política de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam.