Rádio Clube
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Rádio Clube Compartilhar
Crime

Homem suspeito de matar garota de programa em hotel de Lages é preso

O crime ocorreu em julho do ano passado em um hotel de Lages.

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Homem suspeito de matar garota de programa em hotel de Lages é preso
Foto: Polícia Civil | Divulgação

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal – DIC Lages, prendeu na tarde dessa quarta-feira (20) homem investigado por latrocínio contra uma garota de programa. O crime ocorreu em julho do ano passado em um hotel de Lages. Na investigação, foram analisadas diversas imagens, tomados depoimentos e perícias pela Polícia Científica.

Foi apurado que o investigado marcou um programa com a vítima para que pudesse subtrair bens e dinheiro, no entanto, durante a execução do crime, acabou matando a vítima. Os policiais conseguiam identificar o veículo usado pelo autor e, depois de diversas diligências conseguiram localizar o veículo e identificar o autor do crime.

Foram formalizadas representações pela expedição de mandados de busca e apreensão do veículo e de prisão do investigado. O veículo usado no dia do crime foi apreendido para ser periciado, já o autor, permaneceu foragido e, nessa quarta-feira, foi localizado e preso pelos policiais no bairro Tributo.

O preso suspeito da morte da garota de programa foi encaminhado para a DIC de Lages onde foi interrogado e, após formalizado os procedimentos legais, encaminhados ao sistema penitenciário, onde ficará à disposição da Justiça.

Relembre o caso

Uma mulher foi encontrada morta com sinais de agressões, em um quarto de hotel, no bairro São Cristóvão, em Lages, na noite do dia 8 de julho de 2021. As câmeras de segurança mostraram um suspeito, de aproximadamente 1,70 cm de altura, moreno, de capuz preto saindo pela porta da frente do hotel em passo apressado e com o braço direito travado.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima estava em cima da cama, com o rosto roxo, com escoriações no nariz e boca e com sinais de violência sexual. Na cama do hotel, estavam alguns pertences espalhados como mala, roupas, carteira sem dinheiro, cartões de crédito e sacola de roupas.

>> SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK.


Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/tags
block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais