Segurança Compartilhar
Destruição

Furto de fiação elétrica causa incêndio em escola do Sul de SC

Devido ao incêndio, cerca de 650 alunos estão sem aula nesta quarta-feira

Por

• Atualizado

Foto: Corpo de Bombeiros Militar/Divulgação
Foto: Corpo de Bombeiros Militar/Divulgação

Um incêndio na madrugada desta quarta-feira (8) atingiu a Escola Municipal Ludovico Coccolo, em Criciúma. As chamas iniciaram por volta das 5h. A escola fica localizada na rua Raimundo Pucher, no bairro São Luiz. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, o incêndio consumiu cerca de 530 m² da edificação.

Foram necessárias duas linhas de ataque direto, além de três lances de mangueira para o combate às chamas. Para que o fogo não se alastrasse, o disjuntor do local foi desligado, bem como o registro central de gás. Cerca de oito mil litros de água foram usados para extinção do incêndio.

A guarnição precisou ainda arrombar seis salas de aula, dois cadeados dos portões laterais e a porta da subestação de energia para acesso à escola. A parte atingida pelo incêndio causou danos em equipamentos eletroeletrônicos, estrutura do telhado de madeira e paredes de alvenaria. O local atingido foi isolado e deixado aos cuidados da Defesa Civil.

Além disso, durante o combate às chamas, equipes dos bombeiros observaram o corte da fiação do local. Por isso, o caso segue em investigação. No total, cerca de 650 alunos estão sem aula nesta quarta-feira (8) devido ao incêndio. Em nota, a Prefeitura de Criciúma explicou o caso.

Confira a nota na íntegra

Equipes da Secretaria Municipal de Educação, Secretaria de Infraestrutura e Defesa Civil acompanham na manhã desta quarta-feira (8) o trabalho de rescaldo realizado pelo Corpo de Bombeiros Militar na Escola Municipal de Educação Básica Ludovico Coccolo. A escola foi atingida por um incêndio por volta das 5h, que já foi controlado.

O Governo Municipal e forças de segurança estão no local. As chamas atingiram uma parte mais antiga da estrutura, que recentemente passou por reformas no telhado e instalações elétricas.

Segundo a Secretaria de Educação, as aulas da unidade, que possui 650 alunos, foram suspensas nesta quarta-feira.

A perícia ainda será realizada, mas a Defesa Civil e forças de segurança trabalham com a possibilidade de que o incêndio tenha sido iniciado após furto de fios.

As equipes do Governo acompanham a situação e trabalham para a retomada das aulas.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

publicidade
publicidade

Veja mais