SCC Futebol
templates/template-single-article-texto
block/article/header
SCC Futebol Compartilhar
É campeão

Eintracht Frankfurt vence Rangers nos pênaltis e conquista a Europa League

Time alemão vence equipe escocesa na marca da cal e conquista o bicampeonato do torneio continental europeu

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Eintracht Frankfurt vence Rangers nos pênaltis e conquista a Europa League
Foto: Eintracht Frankfurt | Reprodução | Twitter

Por SBT Esporte

O Eintracht Frankfurt é o campeão da Europa League da temporada 2021/22. Nesta quarta-feira (18), no Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilha, a equipe alemã bateu o Rangers, nos pênaltis, na final da Liga Europa, depois de empatar com os escoceses por 1 a 1 em 120 minutos. Os atacantes Aribo e Borré anotaram os gols do duelo. Com o título, o clube alemão chega ao bicampeonato da competição continental.

Além de mais uma taça da Europa League – os alemães também conquistaram o torneio na temporada 1979/80 -, o Eintracht Frankfurt carimba vaga na próxima edição da Champions League, competição que também conta com transmissão do SBT. O time germânico tem apenas uma participação na Liga dos Campeões, justamente quando acabou sendo vice, para o Real Madrid, há 62 anos. Na próxima temporada, o Frankfurt vai em busca de fazer história na principal competição de clubes do planeta.

O jogo

A finalíssima começou movimentada e os dois buscaram criar situações de perigo nos primeiros instantes. Aos quatro, porém, Lundstram levanotu muito o pé e acertou as travas da chuteira na cabeça de Rode. O camisa 17 do Eintracht Frankfurt ficou com a região do supercílio sangrando, e a partida foi paralisada. Na volta, os alemães conseguiram a primeira finalização do jogo, com Sow, que bateu para a defesa de McGregor.

Aos 19 minutos, o ala-direito Knauff, um dos melhores jogadores da equipe de Oliver Glasner na competição, partiu com tudo para cima da defesa adversária e forçou uma boa defesa de McGregor. Os escoceses conseguiram responder pouco tempos, em chute perigoso de Aribo, que passou à direita da trave de Trapp.

Melhor na partida, o time alemão arriscou seguidas finalizações a partir da metade do primeiro tempo. As mais perigosas foram com o camisa 10 Kostic, dono de uma canhota afiada – o sérvio emendou dois chutes que passaram perto da meta de McGregor. Do outro lado, o Rangers voltou a levar algum perigo em cabeçada do volante Lunddstram, afastada por Trapp.

Os últimos minutos da etapa inicial foram de equilíbrio. O Rangers tentou ficar um pouco mais com a bola, mas o Eintracht Frankfurt dificultou o jogo da equipe de Giovanni Van Bronckhorst. Os primeiros 45 minutos da decisão terminaram com 11 finalizações do time alemão e apenas três arremates por parte dos escoceses. O placar, no entanto, permaneceu zerado.

A etapa final começou com pressão total do Frankfurt, que teve finalizações perigosas com o brasileiro Tuta e o colombiano Borré – as duas passaram à direita da meta de McGregor. Com tantas tentativas realizadas na final, a equipe de Oliver Glasner viu o Rangers abrir o placar de uma forma dura: aos 11, Sow recuou mal de cabeça, o brasileiro Tuta caiu e a bola ficou livre para Aribo, que bateu na saída de Trapp. Em desvantagem, o Eintracht Frankfurt optou por trocar Tuta por Hasebe.

Na sequência, o time germânico foi com tudo em busca do empate. Aos 21, Kamada saiu cara a cara com McGregor e tentou uma cobertura, mas a bola saiu por cima. Dois minutos depois, Kostic partiu pela esquerda e cruzou rasteiro para a área, onde Borré foi mais esperto que a defesa escocesa e desviou para deixar tudo igual. Com o tento, o Frankfurt voltou a dominar as ações do jogo, mas faltou capricho nas primeiras tentativas pela virada.

Nos minutos finais, os dois times demonstraram cautela para não tomar um gol fatal. Ainda houve tempo para uma finalização perigosa de Kostic, que saiu pelo lado. Forte na marcação, o Rangers impediu algumas tentativas do adversário e ainda conseguiu segurar a pelota no campo de ataque. O tempo regulamentar foi encerrado pelo árbitro Slavko Vincic com 1 a 1 marcador.

No início da prorrogação, Bassey dominou errado e viu Borré, sozinho, partir em direção ao gol. Rápido na recuperação, o defensor conseguiu bloquear a tentativa do colombiano. Nos 15 minutos finais, Hrustic e Jakic, pelo lado do Frankfurt, e Kent, pelo Arfield e Rangers, arriscaram em tentativas de fora da área, mas a bola não entrou. Na reta final, Kent teve uma chance incrível, mas Trapp impediu o que poderia ser um gol de título para o time escocês. Dois minutos depois, o arqueiro alemão ainda defendeu uma falta cobrada por Tavernier. A finalíssima foi para os pênaltis.

Na marca da cal, Lenz, Hrustic, Kamada, Kostic e Borré marcaram para o Eintracht, enquanto Tavernier, Davis, Arfield e Roofe balançaram a rede pelo lado do Rangers. O único pênalti errado foi de Ramsey, que entrou para assumir uma das cobranças. Eintracht Frankfurt é campeão invicto da Europa League.

EINTRACHT FRANKFURT 1 (5)x(4) 1 RANGERS

Local: Ramón Sánchez Pizjuán, Sevilha – Espanha
Data: 18/05/2022
Árbitro: Slavko Vincic (ESL)
Assistentes: Tomaz Klancnik (ESL) e Andraz Kovacic (ESL)
VAR: Pol van Boekel (ESL)
Cartões amarelos: Aribo e Wright.
Gols: Aribo, aos 11 do segundo tempo; Borré, aos 23 do segundo tempo.

EINTRACHT FRANKFURT: Trapp; Tuta (Hasebe), Touré e Ndicka (Lenz); Knauff, Sow (Hrustic), Rode (Jakic) e Kostic; Lindstrom (Hauge), Kamada e Borré. Técnico: Oliver Glasner

RANGERS: McGregor; Tavernier, Goldson, Bassey e Barisic (Roofe); Jack (Davis), Lundstram, Kent, Wright (Sakala) (Ramsey) e Kamara (Arfield); Aribo (Sands). Técnico: Giovanni Van Bronckhorst.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/query-columnist
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais