Entretenimento
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Entretenimento Compartilhar
deu ruim

Influencer é presa por organização criminosa e estelionato

Rayane Figliuzzi é acusada de ter participação em crimes de uma quadrilha que aplicava golpes do motoboy no Rio de Janeiro (RJ)

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Influencer é presa por organização criminosa e estelionato
Rayane Figliuzzi tinha mais de 88 mil seguidores no Instagram (Reprodução/Instagram)

Na noite de domingo (13), Rayane Figliuzzi foi detida enquanto jantava em um restaurante no centro de Areal (RJ). Segundo a Polícia Civil, a influenciadora é acusada de fazer parte da quadrilha denominada Errejota. 

O golpe praticado pelos criminosos começa quando um deles liga para a vítima, afirmando ser de um banco, ela explica que o cartão da pessoa foi clonado. Depois, envia um motoboy para a residência da pessoa, para levar o cartão ao banco. Com o objeto em mão, os golpistas fazem compras com o dinheiro da vítima. 

Segundo informações do G1, Rayane se envolveu com o crime quando conheceu seu noivo, Alexandre Navarro Junior, que é um dos comandantes da Errejota. Ao todo, a quadrilha contava com 15 pessoas.

Com informações do Fofocalizando.

>>> SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais