Cotidiano
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Cotidiano Compartilhar
40 km\h

Motoristas reclamam de radares instalados na BR-282, em Chapecó

Conforme o DNIT, a definição da velocidade é feita com base em estudos e projetos da área de engenharia

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Motoristas reclamam de radares instalados na BR-282, em Chapecó
Foto: SCC Meio-Dia

Motoristas que trafegam pela BR-282, entre Chapecó e Xanxerê, reclamam da velocidade máxima dos radares instalados no local. Afinal, na via que não é duplicada passam diariamente muitos carros de passeio e caminhões.

“Eu acho que o radar é uma forma de segurança para os motoristas imprudentes, mas tem uns de 40km\h que é uma vergonha”, relata o motorista, Antônio da Rosa.

E para os caminhoneiros, a situação não é diferente.

“Claro que até pode evitar acidente, mas muitas vezes, ele causa o acidente. Um caminhão pesado, por exemplo, para baixar para 40km\h e depois aumentar a velocidade, já forma uma fila pequena de carros atrás.

Em nota, o DNIT informa que monitora tanto os funcionamentos dos radares quanto os dados responsáveis pelas velocidades nas rodovias de todo o pais, promovendo alterações sempre que necessário. E que a definição da velocidade em uma rodovia federal é baseada em estudos e projetos da área de engenharia do departamento.

>> PARA MAIS NOTÍCIAS, SIGA O SCC10 NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais