Cotidiano Compartilhar
Ajuda ao RS

Florianópolis envia equipe da Guarda Municipal para ajudar no resgate no RS

Além disso, a prefeitura mandará também mantimentos como água, comida, roupas e colchões

• Atualizado

Redação

Por Redação

Foto: GMF/Divulgação
Foto: GMF/Divulgação

Segundo Ricardo Pastrana, da Guarda Municipal da Capital, o prefeito da cidade, Topázio Neto, autorizou uma equipe da guarda para ir até o Rio Grande do Sul ajudar no resgate das vítimas das enchentes. A guarnição irá nesta quinta-feira (09) ao estado vizinho com botes da Guarda Ambiental, junto com três viaturas.

Além disso, a Prefeitura de Florianópolis mandará mantimentos como água, comida, roupas e colchões. No total, são sete caminhões de donativos.

Vídeo mostra comboio com doações de Santa Catarina no RS: “que coisa mais linda”

O vídeo de um comboio com doações de Santa Catarina para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul emocionou a web nesta quarta-feira (08). No vídeo, divulgado pelo portal Porto Alegre 24 horas, caminhões e carros com bandeiras dos dois estados trafegam em uma via buzinando.

Os veículos levam doações para a população gaúcha, atingidas pelas enchentes nos últimos dias. “Todos vindo em comboio, que coisa mais linda. Que Deus abençoe vocês, vão com Deus!”, agradece a pessoa que grava o vídeo.

Assista ao vídeo do comboio com doações de Santa Catarina:

Doações internacionais ao RS serão isentas de impostos, afirma Receita

As doações internacionais ao Rio Grande do Sul serão isentas de impostos, informou nesta quarta-feira (8) a Receita Federal. Além de não pagarem tributos, os produtos vindos do exterior terão tratamento expresso na alfândega. Segundo o Fisco, a medida foi tomada diante do grande número de doações.

Doações internacionais

Pessoas físicas de outros países podem entregar as doações às alfândegas e às inspetorias na fronteira terrestre. Os agentes públicos encaminharão as mercadorias para o Brasil.

Em relação às doações que chegarem por meio aéreo e aquaviário, as mercadorias poderão ser despachadas por meio de Declaração Simplificada de Importação em papel (DSI formulário), Declaração Simplificada de Importação e Declaração de Importação destinadas ao estado do Rio Grande do Sul ou algum de seus municípios envolvidos na destinação das mercadorias doadas.

Os bens doados passarão por inspeções e pelos controles da Receita Federal e dos demais órgãos que atuam no comércio exterior, como Agência Nacional de Vigilância Sanitária e Ministério da Agricultura. As mercadorias, porém, terão liberação rápida.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Quer receber notícias no seu whatsapp?

EU QUERO

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Fale Conosco
Receba NOTÍCIAS
Posso Ajudar? ×

    Este site é protegido por reCAPTCHA e Google
    Política de Privacidade e Termos de Serviço se aplicam.