Cotidiano
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Cotidiano Compartilhar
Saúde Pública

Em Indaial, paciente morto há dois anos é chamado para comparecer a exame

O homem teria feito o pedido para agendar esse exame pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em 2017

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Em Indaial, paciente morto há dois anos é chamado para comparecer a exame
Foto: Reprodução, redes sociais

Uma postagem na rede social de uma professora de Indaial causou repercussão no início da noite desta terça-feira (13). De acordo com o relato, a Saúde do município entrou em contato para que o pai da professora fizesse um procedimento de endoscopia.

O homem teria feito o pedido para agendar esse exame pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em 2017. No entanto, os agentes de saúde só retornaram a solicitação alguns dias atrás, quase três anos após o pedido. O que deixou a professora em choque é que o paciente, um homem de 57 anos, já faleceu.

A captura de tela foi tirada por uma das filhas de Rubens. A mensagem foi enviada pelo Whatsapp. Foto: cedida

Em contato com uma das filhas, nossa reportagem apurou que o homem é Rubens Reif. Ele era sócio de um escritório de contabilidade em Indaial, no Vale do Itajaí.

Rubens era diabético, estava em constante acompanhamento médico e esperava poder realizar o exame pelo SUS, logo. Porém, por complicações, acabou falecendo em 2018, um ano após o pedido do exame.

Contraponto

A assessoria da prefeitura informou por nota “que o fato foi apurado. Ocorreu um erro no sistema, sendo esta uma situação isolada, que não condiz com o importante trabalho realizado pela Secretaria de Saúde de Indaial”.

Confira matéria para o SBT Meio-dia

https://youtu.be/YBvLNIwVBd4

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/tags
block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais