Bem-Viver
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Bem-Viver Compartilhar
Água

“Deixe alguns hábitos no passado”: campanha busca uso consciente da água

Conjunto de questionamentos buscam conscientizar e estimular mudanças nos hábitos de consumo.

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
“Deixe alguns hábitos no passado”: campanha busca uso consciente da água
Foto: Rajesh Balouria por Pixabay

Segundo levantamento da Epagri-CIRAM, há um déficit hídrico de 467 milímetros, em média, em Santa Catarina. Esse número significa, de acordo com o pesquisador de Hidrologia da instituição, Guilherme Miranda, que “de junho do ano passado até o momento choveu apenas dois terços da quantidade habitual histórica sobre Santa Catarina, em volumes insuficientes para recarregar o lençol freático do Estado”.

O cenário para os próximos meses reforça a necessidade de uma nova cultura no uso da água. Até outubro, a previsão da Epagri-CIRAM é de índices abaixo da média climatológica, com chuvas escassas.

Nesse cenário, a Casan lança a campanha “Deixe alguns hábitos no passado”, que traz um conjunto de questionamentos buscando estimular mudanças nos hábitos de consumo de água.

  • Faz sentido lavar nosso bonito carro com água que é tratada com cloro e flúor e tantos outros produtos para deixá-la potável?
  • Faz sentido usar mangueira para lavar a calçada ou pátio, consumindo em 15 minutos mais de 270 litros?
  • Faz sentido lavar telhado, se um bairro vizinho pode estar sem água?
  • Faz sentido manter uma torneira aberta enquanto escovamos os dentes, consumindo cerca de 80 litros em apenas cinco minutos?
  • Faz sentido acionar a máquina de lavar com pouca roupa, gastando cerca de 150 litros de água em um ciclo de lavagem para meia dúzia de peças?

“Num passado recente era admitido usar o carro sem cinto de segurança, fumar dentro do avião e apelidar colegas de escola ou de trabalho de acordo com suas características físicas”, lembra o engenheiro Guilherme Campos, Gerente de Políticas Operacionais da Companhia. “Tudo isso hoje é rechaçado pela sociedade, felizmente. Em breve, desperdiçar água será visto assim também: um hábito a deixar no passado”, complementa.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/tags
block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais