Cotidiano
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Cotidiano Compartilhar
Luto

Aos 110 anos, morre a mulher mais idosa de São Joaquim

Marcelina Antunes de Oliveira estava com câncer no fígado e faleceu nesta quarta-feira (22)

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Aos 110 anos, morre a mulher mais idosa de São Joaquim
Foto: Divulgação/São Joaquim Online

Na manhã desta quarta-feira (22), faleceu Marcelina Antunes de Oliveira, a mulher mais idosa de São Joaquim. Ela completou 110 anos no dia 25 de março de 2022 e, há cerca de 16 dias, apresentou um câncer no fígado e não resistiu.

Natural da localidade de Despraiado, interior de São Joaquim, “Dona Marcelina” era destaque em matérias de sua cidade e estava com audição e fala afetada. A sua filha, Valdeci, era quem cuidava da sua medicação diária.

Quem era Marcelina?

Nascida em 25 de março de 1912, Marcelina foi criada pelos seus tios e os seus pais biológicos são desconhecidos. Ainda na infância, sobreviveu a duas picadas de cobra. Ela morou por muitos anos em um local conhecido como São Paulo Velho, onde partia a pé para a cidade toda semana.

Casada com Orgel Angelo Padilha, Marcelina é mãe de oito filhos. Ela teve um casal de filhos levado por vizinhos na década de 1950 e nunca mais foram vistos. Em São Joaquim, residia no Bairro Bela Vista, perto de onde estão as suas filhas.

>>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais