Fernando Machado

Jornalista desde 2008, é apresentador do SBT Meio-dia, repórter de rádio e produtor de conteúdo para site e mídia sociais.


Colunistas Compartilhar
Fernando Machado

Hospital Infantil de Florianópolis explica demora por atendimentos

Direção do hospital publicou nota na manhã desta terça (05)

Por

• Atualizado

Foto: Paulo Goeth | Governo de SC | DIvulgação
Foto: Paulo Goeth | Governo de SC | DIvulgação

Os últimos dias foram marcados pelo aumento no número de casos respiratórios em crianças na Capital. Na manhã desta terça-feira (5), o Hospital Infantil Joana de Gusmão se manifestou por meio de nota nas redes sociais para explicar o motivo da demora por atendimentos, alegando que está com uma demanda muito alta nessa época.

Segundo o Hospital, só em março foram atendidos 5.395 casos respiratórios na Emergência. “Constatamos que apenas 263 desses foram classificados como graves (em Vermelho ou Laranja), ou seja, todos os outros poderiam ser atendidos em Unidades de Pronto Atendimento (UPA) ou Unidades Básicas de Saúde (UBS)”, afirma.

Em outro trecho da nota, o Hospital pede a compreensão dos pais e responsáveis quanto ao tempo de espera de casos triados como não urgentes, quando não há risco de morte, divididos em Amarelo, Verde e Azul. Em casos de menor gravidade, solicitou ainda que as famílias procurem primeiramente as unidades municipais de saúde.

>> Siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook

publicidade
publicidade

Veja mais