Segurança Compartilhar
operação “Estorno”

Polícia Civil faz operação para o combate à lavagem de dinheiro em SC

No total, foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão em Joinville e Balneário Barra do Sul

Por

• Atualizado

Foto: Polícia Civil/Divulgação
Foto: Polícia Civil/Divulgação

Nesta terça-feira (7), a Polícia Civil de Santa Catarina deflagrou a operação “Estorno” para combater o crime de lavagem de dinheiro e de busca a despatrimonialização de um grupo criminoso dedicado ao furto de caixas eletrônicos.

A ação foi feita pela Delegacia de Investigação à Lavagem de Dinheiro da Diretoria Estadual de Investigação Criminais (DEIC/PCSC). A investigação apontou que um grupo catarinense se dedicava à prática de crimes de furtos em caixas eletrônicos.

Os trabalhos policiais revelaram que o lucro dos crimes eram investidos em bens de alto valor, muitos dos quais adquiridos integralmente em espécie e, normalmente, com o uso de laranjas e testas de ferro.

O objetivo das medidas é a apreensão de documentos capazes de confirmar as hipóteses de ocultação e dissimulação que caracterizem a lavagem de dinheiro, confirmar a real situação do patrimônio e a identificação de outros bens que não haviam sido identificados.

Buscas e prisões

No total, foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão em Joinville e Balneário Barra do Sul, além de quatro mandados de prisão temporária.

Ainda foram apreendidos seis imóveis, 33 veículos (incluindo 2 Land Rover, 3 BMW, 3 Mercedes e um Volvo, entre outros veículos de luxo), 3 embarcações, além do bloqueio de valores em contas bancárias e ativos financeiros.

As investigações contaram com o suporte técnico do Laboratório de Tecnologia em Lavagem de Dinheiro (Lab-LD) e operacional das demais Delegacias Especializadas da DEIC/PCSC e da Delegacia Regional de Polícia de Joinville.

Trata-se da sexta operação policial deflagrada pela especializada da DEIC/PCSC somente este ano, que já contabiliza em torno de R$ 45 milhões de bens sequestrados.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

publicidade
publicidade

Veja mais