Segurança
templates/template-single-article-texto
block/article/header
Segurança Compartilhar
triplo homicídio

Paulo Cupertino, suspeito da morte de ex Chiquititas, pede presídio do Tremembé

Centro prisional é conhecido por abrigar criminosos "famosos"

block/article/social-network
block/article/content__sidebar
Paulo Cupertino, suspeito da morte de ex Chiquititas, pede presídio do Tremembé
Foto: Primeiro Impacto | Reprodução

Paulo Cupertino, preso pelo triplo homicídio do ator Rafael Miguel e dos pais do jovem, pediu para ser levado ao presídio do Tremembé, em São Paulo, local que já abrigou vários presos de crimes conhecidos e por ter melhores condições, além de não ter membros de facções criminosas. 

Cupertino foi capturado na última segunda-feira (16) em um hotel na Zona Sul de São Paulo (SP) após ficar quase três anos foragido. Segundo a delegada Ivalda Aleixo, integrante das investigações que culminaram na prisão, o acusado fez o pedido.

“Eu falei que infelizmente não é assim que funciona, não é para onde você quer, é para onde a Justiça determinar. Tremembé não tem nada definido ainda. Ele está na preventiva e vai ser interrogado em juízo”, relatou.

O acusado nega o crime que teria como principal motivação o fato de não aceitar o relacionamento da filha com o ator. Aleixo também desmentiu o boato de que facções criminosas teriam ajudado na fuga de Cupertino. Segundo a delegada, ninguém na divisão de capturas da Polícia Civil trabalhou com essa possibilidade. “Sempre foram dois amigos, que respondem por favorecimento pessoal, que patrocinaram essa fuga dele logo após o crime. E, depois, a família e conhecidos em Ponta Porã (MS)”, afirmou a agente. 

Vídeo: Primeiro Impacto | SBT

Usando vários disfarces durante a fuga, o preso não tinha mais dinheiro para se manter foragido, de acordo com as investigações. Cupertino passou por oito estados e mais de 20 cidades, além de passagens pela Argentina e Paraguai. O local da prisão fica a apenas 6 km de onde o crime foi registrado, na casa do acusado.

No momento da prisão, Cupertino pediu para ligar para uma das irmãs. Sem advogado constituído até o momento, o autor dos disparos estava “confuso” e “eufórico”, segundo a delegada. Ao mesmo tempo, em que negou que estivesse foragido e querendo passar a imagem de que estava perto da família, Cupertino também demonstrou euforia ao ser preso. “Pô, eu caí, vocês demoraram”, disse, segundo o relato da delegada. 

“A ficha caiu ali quando ele viu, mesmo, que a gente colocou ele no ‘xadrez’. Quando ele viu que trancou a porta, que fechou a cela, viu o tamanho da encrenca. Aí ele ficou mais para baixo, se recusou a falar e disse que não iria mais responder nenhuma pergunta”, contou Aleixo. 

Para a delegada, Cupertino “é um cara que tem certeza que tudo vai ficar bem. Surpreende a calma dele, a frieza”, relatando que o preso queria ver os filhos e que a filha Isabela Tibcherani, então namorada do ator Rafael Miguel, “está bem”. No entanto, a polícia acredita que o autor do triplo homicídio não teve nenhum contato com a jovem. 

Assassinato

Rafael Miguel e os pais foram assassinados em frente à casa de Isabela, na Zona Sul da capital paulista. Eles teriam ido à residência da jovem para conversar com a família sobre o relacionamento dos dois. Os vizinhos contam que as vítimas conversavam no portão com Isabela e a mãe dela, quando Paulo chegou. Sem dizer, ele sacou uma arma e atirou contra os três. A polícia suspeita que ele tenha utilizado um carro com placas clonadas na fuga.

Segundo o laudo necroscópico realizado nas vítimas, Paulo Cupertino efetuou treze disparos de pistola contra Rafael Miguel e os pais dele. Sete tiros atingiram o ator, quatro, o pai dele, e dois, a mãe. No SBT, o jovem ficou conhecido pelos personagens Bentinho, na novela Cristal (2006), e Paçoca, na novela Chiquititas, exibida em 2013.

>> Siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

Entre no grupo do SCC10 e receba as principais notícias da sua região pelo WhatsApp

Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp

block/article/query-columnist
publicidade
publicidade
block/article/social-network
block/general/block-plus-news

Veja mais