Segurança Compartilhar
Tempo

Labradora do Corpo de Bombeiros encontra corpo de mulher em Presidente Getúlio

Bombeiros ajudam na reconstrução da cidade e trabalho com cães é fundamental para as buscas de desaparecidos.

Por

• Atualizado

Zaara, cadela conduzida pelo Cabo Alexandre de Souza, em atuação em Presidente Getúlio na tarde de sábado (19). Foto: Corpo de Bombeiros SC
Zaara, cadela conduzida pelo Cabo Alexandre de Souza, em atuação em Presidente Getúlio na tarde de sábado (19). Foto: Corpo de Bombeiros SC

O Batalhão de Ajuda Humanitária (BAjH) do Corpo de Bombeiros do estado está em Presidente Getúlio para auxiliar a população na reconstrução e manutenção de casas atingidas pela enxurrada. Na tarde de sábado (19) o trabalho de um binômio (bombeiro militar + cão de busca) encontrou o corpo de uma mulher num local de difícil acesso. A cadela Zaara, conduzida pelo Cabo Alexandre de Souza, apontou um local, embaixo de escombros. A sinalização da Labradora, que se dá por latidos ajuda na busca por desaparecidos. Após a retirada do material os bombeiros confirmaram o corpo de uma mulher adulta, que foi encaminhado ao IGP para identificação.

Os binômios que estão em Presidente Getúlio, estiveram em Brumadinho e possuem experiência neste tipo de situação.

Zaara, labradora do Corpo de Bombeiros em Presidente Getúlio na tarde de sábado (19). Foto: Corpo de Bombeiros SC

O Batalhão de Ajuda Humanitária (BAjH) do Corpo de Bombeiros do estado, que está em Presidente Getúlio também faz a distribuição de mantimentos. Foram levados ainda, ao local, dois caminhões, um do CBMSC em Tubarão e outro de Itajaí, com capacidade para cerca de 30 mil litros de água cada, para a desobstrução e limpeza de ruas, além de duas mini escavadeiras, que auxiliarão na retirada de escombros. 

O BAjH conta com doze bombeiros militares. O helicóptero Arcanjo 03 também auxilia nos trabalhos. 

publicidade
publicidade

Veja mais