Segurança Compartilhar
Luto

Identificado segurança morto após ser esfaqueado em show em SC: “Justiça seja feita”

Família espera que justiça seja feita

Por

• Atualizado

Foto: Redes sociais / Reprodução
Foto: Redes sociais / Reprodução

A família de Kelvin Felipe Machado, de 28 anos, confirmou morte nesta terça-feira (2). Ele estava internado no hospital, após ser esfaqueado em uma casa de shows, em Tijucas, na Grande Florianópolis, no último domingo (31).

Kelvin estava trabalhando na segurança da festa na casa de shows, quando foi atacado com uma faca por um homem, após a briga entre clientes. O jovem era casado, tinha três filhos, o mais novo, completou 1 mês nesta semana, conta a família.

A irmã de Kelvin, Katieli Machado Capelari, conta que o irmão fez uma cirurgia na segunda-feira (1º), e faria outro procedimento, mas acabou não resistindo. “Não sabemos os detalhes do que aconteceu, mas ele fez uma cirurgia ontem e hoje ele iria fazer outra, mas não resistiu, parece que teve hemorragia interna”, explica.

A família está consternada e indignada com a morte. “Esperamos que a Justiça seja feita”, destaca a irmã.

Investigação

O delegado de Tijucas Aderlan Angelo Camargo explica que um Inquérito Policial foi instaurado para investigar o crime.

Nesta quarta-feira (3), testemunhas serão intimadas para prestarem depoimento na quinta (4).

“Policiais realizarão levantamento fotográfico do local dos fatos para que avaliação de eventual necessidade de reprodução simulada”, afirma o delegado.

O hospital onde Kelvin faleceu será oficiado para apresentar prontuários médicos. “Como se trata de morte violenta, o corpo deve ser necessariamente encaminhado ao IML”, explica. Após esses procedimentos, um suspeito será ouvido.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

publicidade
publicidade

Veja mais