Segurança Compartilhar
Coma induzido

Gerente de posto esfaqueada na cabeça segue internada; veja estado de saúde

Vítima foi esfaqueada cinco vezes na cabeça e precisou passar por cirurgia

Por

• Atualizado

Foto: Polícia Civil | Cedido
Foto: Polícia Civil | Cedido

A gerente de um posto de combustíveis, esfaqueada cinco vezes na cabeça em Criciúma, permanece internada nesta quarta-feira (04). De acordo com André Milanese, delegado responsável pelo caso, a vítima deve ser mantida em coma induzido até ser reavaliada nas próximas 72 horas. “Não se descartam riscos”, informou o delegado.

O principal suspeito de ter cometido o crime é um frentista que discutiu com a mulher horas antes. O homem, de 32 anos, está preso preventivamente desde quarta-feira (03), quando se entregou, na presença de seu advogado, na Delegacia. Na ocasião, ao ser interrogado pela autoridade policial, o homem optou por permanecer em silêncio, sendo encaminhado ao Presídio de Criciúma, onde permanecerá preso.

Crime

Segundo a Polícia Civil, no dia do crime, após discutir com a gerente do posto, o autor foi advertido e mandado para casa, tendo retornado momentos após com uma faca de caça, com lâmina serrilhada. “De forma cruel e covarde surpreendeu a vítima pelas costas, desferindo cinco facadas na cabeça da gerente do posto, ficando a lâmina da faca cravada na nuca da vítima, que milagrosamente sobreviveu”, informou a Divisão De Investigações Criminais, da Polícia Civil. A vítima foi submetida na terça (02) a uma cirurgia para extração da lâmina da faca e permanece hospitalizada.

>> Para mais notícias, siga o SCC10 no TwitterInstagram e Facebook.

publicidade
publicidade

Veja mais